A 25 de março egípcia


Que atire a primeira pedra quem nunca se deliciou em fazer umas comprinhas na rua 25 de março? Coisa boa, você com R$ 50 sai cheio de tranqueira, feliz da vida…. não liga nem para a rua lotada, o lixo no chão e aquele monte de camelô com o som no último. Mas se você achou que a 25 de março seria o paraíso das compras, é porque não esteve no Cairo, mas especificamente no mercado Khan el Khalili (A pronúncia certa do Kh é como o som do r em rato, mas bem forte,  ou seja, rrrrran el rrrrralili  eheehe).

Por lá, você encontra milhares de souvenirs, roupas, temperos, maquiagem, instrumentos musicais árabes… é uma delícia e dá para ficar horas por ali. O mercado é muito antigo – eu nem sei quanto tempo tem, mas  lembro que só a cafeteria tinha mais de 100 anos ehehe. As ruas são todas estreitas e parece um labirinto das compras, de noite então vira um formigueiro, porém nem todas as lojas ficam abertas até tarde da noite, por isso é bom chegar cedo.

No Egito, a regra é pechinchar, ainda mais se você for estrangeiro, pode ter certeza que eles sempre jogam o preço lá em cima… vão fazer cara de tadinhos, dizer que tem 10 filhos, mas pode pechinchar! As coisas no Egito são muito baratas, ainda mais se você for com dólar. Lenços bonitos, por exemplo, dá para encontrar por até 5 libras, mas eles venderão por muito mais para os gringos. Sabe o arguile, aquele fumo numa garrafa de vidro com água dentro? No Egito chama shisha. Enquanto em São Paulo uma shisha pequena custa uns R$ 50, eu paguei 10 libras egípcias no Khan el Khalili, ou seja, menos de 2 dólares. Claro que eu não abria a boca, porque se desconfiassem que eu era estrangeira o preço quaduplicava… nestas horas ter um egípcio para te ajudar faz diferença…

img_0210

Vendedora negociando o que seria o enfeite de cabelo de Cleopatra... eheeh os gringos amam

img_0218

Turista sai de sacola cheia

ps. Karima, faz a festa lá por mim!!!!

Anúncios

Sobre Masr culinária mediterrânea

Encomendas para Zona Oeste e Centro de São Paulo. Outras localidades sob consulta. Como trabalhamos com matéria-prima fresca, o ideal é que pedimos sejam feitos com antecedência.

Publicado em novembro 6, 2008, em No Egito e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Hahahahahahaha!!!!

    Gostei do PS, Má!!! Inshallah, eu vou lembrar de vc lá e fazer a festa… quieta, é claro, pra não desconfiarem que não sou egípcia… deixa o maridão negociar… Lembrei da última vez, quando eu queria comprar umas lembrancinhas antes de voltar pro Brasil… Fui dar uma olhadas nos papiros… Meu marido tava negociando cada um por 1 libra… quando perceberam que eu era estrangeira, eles queriam cobrar umas 8 libras por cada um!!!
    Mas aquele mercado é mesmo muito legal… tem também as lojas de essências e as de vidrinhos de perfumes… dá até medo de entrar e quebrar alguma coisa, é tudo tão delicado… E as lojas de ouro??? Um monte de coisa linda (e bem mais baratas!!!)… Mas, independentemente das compras, eu gosto do clima do lugar… as ruazinhas antigas e estreitas, vc consegue encontrar detalhes lindos da arquitetura… As cores, os cheiros, as pessoas falando alto e negociando…
    Uma vez estávamos na cafeteria, tinha um grupo de músicos de rua, e um molequinho de uns 4/5 anos dançando sobre uma das mesas de um jeito bem típico… Muuuuuuito legal… ahhhhhhhhhh, que saudades!!!!!
    Grande beijo pra vc e obrigada por fazer meu dia começar mais feliz com essas lembranças (vc é especialista nisso… hehehe)!!!

  2. Salam, Marina!

    Ai que vontade de conhecer esse mercado!
    Bom, qdo eu tava eu Goa com meu querido, eu fazia o seguinte: eu olhava primeiro as lojas, sozinha, pra ver o que queria ; e mais tarde ele ia nas lojas (sozinho) e comprava pra mim. Chegava a dar diferença de 10 vezes menos!
    E nem adiantava eu fazer igual ao seu caso, tipo ficar do lado quieta, pq todo mundo via q eu não era indiana,né! Agora, indiano é um bicho difícil de se pechinchar, affff!
    Comprei um Sheisha em Puna, lindo, de vidro azul com flores desenhadas (num restaurante iraniano, falo disso no meu post sobre Puna)..custou cerca de 80 reais,mas acho q valeu a pena. Aqui em Salvador eles são caríssimos, os de tamanho médio não saem por menos de 300 reais! Mas o chato é que eu nem o usei como decoração (com medo dos gatos derrubarem) e nem fumei ainda (preguiça de acender o carvão, montar etc)

    Beijos!

  3. Meu Deuuuss, com certeza eu adoraria ir lá!! Passaria horas voltaria acabada, porém feliz! =D
    Adoro esses lugares antigos…=)

  4. Ola Marina, ando meio sumidinha por causa da faculdade, mas assim que voltar vou te visitar com mais frequencia porque gosto muito do seu blog. Eu respondi a sua pergunta do selinho, ok?

    Gostei muito desse mercado, eu mesmo ficaria horas me divertindo por la. Muito bonito e cheio de coisas interessantes. Um abracao pra vc.

  5. Você sabe como encontro essa loja na internet?

Deixe um comentário e vamos interagir!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: