Jornalistas que não informam


A maioria dos mitos falsos que se faz acerca dos muçulmanos é em boa parte devido aos meus colegas jornalistas. Quando as notícias são de fora, eles geralmente engolem qualquer história e publicam o que qualquer um falar, sem checar fontes e serem precisos.

Olha o que saiu hoje na BBC:

Nordeste do Paquistão vai oficializar lei islâmica

Escola destruida por homem bomba no Vale do Swat em 2008/Getty Images

O Talebã teria forçado o fechamento de mais de 170 escolas na região

O governo local da região nordeste do Paquistão anunciou neste domingo que chegou a um acordo com o Talebã para oficializar a implementação da lei islâmica (sharia) na região do Vale do Swat, fronteira com o Afeganistão.

A sharia era uma reivindicação antiga do grupo que, extra oficialmente, já havia imposto a prática no interior da província, fechando centena de escolas e impedindo a educação de meninas.

O anúncio de como será a aplicação da lei islâmica deve ser feito nesta segunda-feira na capital regional, a cidade de Peshawar.

Como ‘gesto de boa vontade”, o Talebã anunciou que vai impor uma trégua de 10 dias com as forças de segurança do Paquistão e libertou um engenheiro chinês capturado há mais de seis meses. (continua)

****

Agora, alguém me explica, o que tem a ver a lei islâmica da sharia com o fechamento de escolas?? Por acaso os muçulmanos são proibidos de estudar, as meninas são proibidas no Islã de ler e screver? Claro que não né!!!!! Então porque isso tá escrito desta forma???

Chega de confusão entre religião e grupos políticos, entre religião e culturas!

Anúncios

Sobre Masr culinária mediterrânea

Encomendas para Zona Oeste e Centro de São Paulo. Outras localidades sob consulta. Como trabalhamos com matéria-prima fresca, o ideal é que pedimos sejam feitos com antecedência.

Publicado em fevereiro 16, 2009, em De tudo um pouco... e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Que absurdo! Vc não mandou um email pra esse imbecil? Ele tem q se retratar!

  2. E Marina, e lamentavel esse tipo de informacao que chega ao mundo, em especial aos brasileiros, que acabam tendo ideias e conceitos totalmente absurdos em relacao ao Islam e ao povo arabe por causa de noticias como essas…eu sou atingida diretamente, pois a cada noticia absurda dessas que chega la no Brasil, meu pai (que e totalmente racista, detesta arabes e muculmanos…e nao aceita bem ate hoje meu casamento!), faz questao de comentar…olha, ta vendo, que povo ignorante e fanatico?…lamentavel…

  3. Hoje em dia a midia se volta para falar o que querem.. o que lhe convem
    Omelhor foi a opniao do meu amor: eu gosto da lei Sharia, mas não dá para aplicar aqui, porque todos leem e usam da forma que mais lhes convem
    =(

  4. vai ver que eles pegam a noticia em inglês e jogam no google tradutor e depois postam a noticia pra gente hihihihi

  5. Lilian al-Nahaas

    Que é isso? Abram os olhos!! Vocês pensam que talibãs são santos na Terra representantes fiéis das leis Islâmicas? Eles têm suas interpretações… muitas radicalmente distorcidas, outras não. A forma como abusam do poder em nome do que os mesmos definem e chamam de ‘Sharia’ é o que deve estar em pauta , não a veracidade da notícia que atesta que suas leis são baseadas e fundamentadas nos preceitos Islâmicos reconhecidos pela Sharia. Não vamos culpar tradutores por isso. Posso dizer porque entendo bem Inglês e Urdu, e tenho muitos amigos vivendo no Paquistão , e sem falsa modéstia, sei bem do que acontece por lá, tanto politicamente como religiosamente. Segundo o talibã – e segundo o que os mesmos entendem por Sharia- mulher não estuda mesmo, não trabalha e ponto final. Eles fecham as escolas destinadas aos meninos também, se estas não forem madrassas, preferencialmente madrassas wahhabis. Mês passado explodiram um santuário Sufi do poeta Rehman Baba em Peshawar alegando que mulheres o frequentavam. Há poucas semanas chicotearam uma moça por andar com seu cunhado(na-mahran). Se não me engano, ontem mesmo mataram um casal em Nimroz alegando que os dois planejavam fugir para o Irã na tentativa de escaparem de casamento arranjados. Só faltava essa agora!! Defendendo esses miseráveis que não fazem nada além de desonrarem e abusarem da Religiao da qual se dizem seguidores. Segundo eles é Sharia, e convenhamos o que se espera de qualquer código de justiça quando animais decidem legitimá-lo e aplicá-lp? A questão não é o que é ou não Sharia, a questão é que SIM, os talibs cometem atrocidades e garantem que suas “punições” e decisões de fecharem escolas, etc são sustentadas pela Sharia. Queriam que os jornalistas fossem esclarecer o que é Sharia? Não é muito, muito mais vergonhoso que ditos Muçulmanos -talibãs- sem a menor legitimidade para tal, saíam por aí punindo moralmente pessoas comuns clamando que estão aplicando Sharia? Ya Allah!!

  6. Lilian,

    sinto muito que você tenha distorcido totalmente o que eu escrevi. De que maneira eu posso defender Talebans e abusos cometidos em nome de Deus? De maneira alguma!! Odeio essas pessoas por justamente criarem conceitos errados sobre a religião e difamarem os muçulmanos pelo mundo, justamente porque jornalistas falam deles como se fossem os fiéis aplicadores da sharia. Não conheço jornalista que se preocupa em saber o que é sharia, a estuda-la antes de falar que sharia são estas atrocidades.

    Nunca vou defender este tipo de gente, só falei do preconceito da mídia em geral e você não compreendeu.

    Espero que leia outros posts e entenda que jamais eu defenderia tais coisas, até pq se eu morasse em regime Taleben já estava morta faz tempo … ehehehe

    Salam
    Marina

Deixe um comentário e vamos interagir!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: