Entrevista com Eman


Tive de fazer a entrevista e enviar hoje mesmo, pois amanhã ela não poderia responder e eu queria postar isso o quanto antes.

Bom, vou postar aqui as repostas traduzidas e deixar no final o original.

Entrevistada: Eman Samir, 23 anos, egípcia de Alexandria que vive atualmente em Jeddah, Arábia Saudita

1 – Como você se sente vivendo num país islâmico, você é feliz como mulher?
Eu me sinto realmente muito feliz de viver em um país islâmico. Aqui eu me alegro ao ouvir os chamados de orações das mesquitas. Eu não me sinto estranha, aqui todas as mulheres usam hijab e abaya. Eu também aproveito o Ramadan aqui, que é muito bom.

2- Você acha que é uma mulher livre? Por quê?
Sim, eu sou uma mulher livre. Enquanto eu for muçulmana, eu sou livre. Eu tenho a liberdade de pensamento e de escolha, a religião me protege e me respeita.

3 – Você se sente mal porque tem de vestir hijab e abaya?
Não, eu nunca me senti mal porque eu uso hijab e abaya. Eu tenho muito orgulho de usar hijab, ele me dá dignidade e respeito. Eu me sinto protegida, segura e confiante quando eu saio de casa. É um meio de obediciência às ordens de Deus. Hijab nunca me impediu de fazer nada que eu goste de fazer.

4 – A vida na Arábia Saudita é diferente da do Egito? De que formas?
Definitivamente, a vida aqui na Arábia Saudita é bem diferente da vida no Egito. Aqui existem muitas nacionalidades diferentes. A Arábia depende muito dos egípcios no trabalho. A maioria dos médicos, farmacêuticos e engenheiros aqui são egípcios. Por outro lado, todas as lojas aqui fecham durante o momento de oração, o que só acontece aqui e não acontece no Egito. Aqui todas as mulheres devem usar abaya, no Egito isso já é sua escolha. Aqui, as mulheres não tem o direito de dirigir carros, somente os homens podem. No Egito os dois podem dirigir. Aqui, com certeza, uma coisa única e maravilhosa é que você pode fazer Omra em Mecca a qualquer momento e aproveitar para visitar o profeta Mohamed em Medina.

5 – O que você faz no seu tempo livre? Você costuma sair?
Sim, eu saio para fazer compras, rezar na mesquita ou visitar amigos. Eu posso também ir a Mecca para um Omra ou ir para Medina visitar o profeta Mohamed. Eu posso sair para comer em um restaurante também. Eu realmente gosto de sair para comer no meu restaurante turco predileto. Eu também posso passar o final de semana na praia e nadar na piscina que é destinada para mulheres apenas.

6 – Você acha que as mulheres muçulmana são oprimidas por seus maridos?
Não, elas não são. O marido muçulmano ama, respeita e se importa com sua esposa. Eles compartilham tudo um com o outro. Eles podem ser o melhor casal possível. Eu sou muçulmana casada e eu vivo uma vida muito feliz com meu amável marido.

7 – O que você gosta mais da Arábia Saudita? E o que não gosta?
Com certeza, o melhor aqui é fazer Omra e visitar o profeta Mohamed. Não há nada que eu não goste aqui, talvez a única coisa é que eu estou longe da minha família e amigos, mas não está relacionado com a Arábia Saudita.

8 – Qual sua impressão sobre os países não muçulmanos? Você acha que eles são bons lugares?
Eu nunca estive em um país não muçulmano e eu acho que existem bons países e outros não. Eu tenho muitos amigos vivendo em países do ocidente e eles estão felizes.

9 – Quando você escuta a palavra “Brasil”, o que vem à sua mente? Você sabe alguma coisa sobre o país?
A primeira coisa é futebol, depois café. Eu sei que o Brasil tem uma eocnomia desenvolvida recentemente e que a vida aí é barata. Eu ouvi também que existe carnaval e as mulheres tiram a roupa e ficam nuas. Eu sei também que o país tem uma natureza maravilhosa.

10 – Você assiste filmes na Arábia Saudita? Eles mostram tudo nos filmes, como nos filmes americanos?
Se você se refere assistir filmes no cinema, aqui não existem cinemas. Se é na televisão, eu claro que estou sempre assistindo filmes árabes e americanos.

11 – O que você assiste na televisão?
Eu assisto os mesmos canais que via no Egito. Eu raramento assisto os canais locais da Arábia Saudita. Eu geralmente assisto ART Sports, filmes e National Geographic. Também vejo canais egípcios como Dream 1 e 2 e canais islâmicos como IQRAA. Canais novos como Aljazira e CNN.

12 – Como você se sente sobre o modo que as mulheres ocidentais se vestem, sem cobrir seus corpos?
Eu sou totalmente convencida pelo hijab, então eu tenho certeza que se elas tentarem usá-lo, elas vão gostar. Elas têm a escolha, claro. Mas eu não posso vestir o que elas vestem, a não ser na minha casa ou com muitas modificações na roupa.

13 – Pode fazer mais comentários, se quiser.
Eu gostei muito da entrevista e espero que minhas respostas sejam úteis para vocês.

img_0098

Eman e Mohamed, seu marido

***

Original das perguntas, se interessar:

1 – How do u feel about living in a islamic country, are u happy as a woman?

i am really so happy to live in islamic country.here,i enjoy listening to the sound of mosques calling for praying.i don’t feel stranger,all women here are wearing hijab and abaya.i aslo enjoy RAMADAN here.it was so nice.

2- Do you think you are a free woman? Why?

yes i think i am free woman.as long as i am a muslim,i am a free woman.i have the freedom of thinking and choice.it is the religion that protects and respects me.

3 – Do you feel bad because you wear hijab and abaya?

no,i never have felt bad because i am wearing hijab and abaya.i am really proud of wearing hijab.it gives me gidnity and respect.I feel protected ,safe and confident when I step out.it is one way of obedience to Allah’s command.hijab never deprives me from doing things i like.

4 – The life in Saudi is different from life in Egypt? In which ways?

definitely the life here in saudi arabia is different from life in Egypt.here there are different nationalities.saudi arabia depends on egyptians in their work to a very high extent.most of physicians,pharmasicts and engineers here are egyptians.on the other hand,all shops here are closed during the time of praying and that is unique in saudi arabia and not present in Egypt..all of women here should wear abaya,in Egypt it is your choice.here,the women have not the right to drive cars,only men have the right.in Egypt both men and women can drive.here,for sure, the unique and wonderful thing is that u can make omra I Mecca at any time and enjoy visiting the Prophet MOHAMMED in Medina.

5 – What do you do in your free time? Do you go out?

yes,i go out for shopping,praying in mosque or visiting friends.i can also go to mecca for an omra or go to al medina to visit prophet mohamed.i can go out to eat in a restaurant.i really like to eat in my favourite Turkish restaurant.i can aslo spend the vacation on the beach and swim in the the swimming pool that is specialized for women only.

6 – Do you think that the muslim women are opressed by their husbands?

no they are not.the muslim husband loves, respect and cares about his wife.they share everything with each other.they can be the best couple ever.i am a muslim married woman and i live a very happy life with my lovely husband.

7 – What do you like the most in Saudi Arabia? And what you deslike there?

for sure,the best thing here is making omra and visiting prophet mohamed.there is nothing i dislike here …….may be the only thing is that i am away from my family and friends but it is not related to saudi arabia.

8 – What is your impression about non-muslim countries? Do you think they are good places?

i have never in a non muslim country before and i think there are good non-muslim countries while others are not good. i have a lot of friends living there and they are happy.

9 – When you listen the word “Brazil”, what comes to your mind? Do you know something about the country?

the first thing is the football and then the coffee:))))i know that brazil has a developed economy recently and the life there is cheap.i heard that there are some carnivals there where the girls take off their clothes and become naked.i know aslo it has a wonderful nature.

10 – Do you watch movies in Saudi Arabia? They show everything in the movies there, like the american movies?

if u mean watching movies in cinema,there are not cinemas here.if u mean on tv,for sure i am always watching arabic and english movies on tv.

11 – What do you watch on TV?

i am watching the same channels i was watching in Egypt.i rarely watch the local saudi channels.i usually watch ART sports,movies and national geographic.also,Egyptian channels like dream 1 and 2.islamic channels like IQRAA.news channels like aljazira and CNN

12 – How do you feel about the way that the non-muslim woman dress, without covering their bodies?

i am totally persuaded with hijab,so i am sure if they try it they will like it.they have the choice sure.but i can’t wear what they wear except at my home or with a lot of modifications within it.

13 – Be free to add any other comments, if you wish.

i enjoyed the interview so much and hope my answers are useful for u.

Anúncios

Sobre Masr culinária mediterrânea

Encomendas para Zona Oeste e Centro de São Paulo. Outras localidades sob consulta. Como trabalhamos com matéria-prima fresca, o ideal é que pedimos sejam feitos com antecedência.

Publicado em março 5, 2009, em De tudo um pouco..., No Egito e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. Legal, gostei bastante =)

  2. Ola…
    Como sempre seus posts sao otimos…Esta entrevista foi tudo de bom…acabar com esta ideia que por viver em um pais Islamico nao se eh feliz..
    Qdo existe AMOR qualquer lugar do mundo se vive bem..
    Beijos

  3. lidianevasconcelos

    Oi, Marina!
    Você nem imagina como curti ler essa entrevista. Adoro saber como vivem e pensam as outras mulheres que estão inseridas em outras culturas, outros costumes. Sempre estive convencida de que não há uma cultura melhor que a outra, apenas diferente. Eu não tenho dúvidas de que possa haver mulheres realmente felizes, apesar de a cultura muçulmana aos olhos ocidentais oprimí-las. Se elas se sentem felizes, e aí? E o que para o Ocidente possa ser opressão, pode ser que não seja por lá…E quem disse que todas as mulheres ocidentais são todas felizes porque temos liberdade para tudo? Tudo é relativo, e julgar o outro pela nossa realidade é no mínimo ser egocêntrico.

    Parabéns pela inciativa.
    Oh! Tem um desafio lá no blog para você. Passa lá depois?

    Beijos.

  4. Ai meu Deus, só somos lembrados por causa das mulheres nuas no Carnaval, que horror!
    Mas adorei a entrevista, ela além de linda, é muito simpática!

  5. Amei a cor do lenço, amoo lilás!

    Maria, infelizmente existem muitas pessoas que acham que não se pode ser feliz sendo muçulmana, morando em um país islâmico ou árabe.

    Marina, não sei se vc assiste ao GNT, essa semana passou um doc sobre um talk show árabe feminino, kalam nawaem. Não consigo ver inteiro, mas pareceu interessante.

    bjs

  6. Noooossa ela é linda!!! E que sorriso bonito…

    Muito legal a entrevista!!!!

  7. Esqueci de perguntar….o que é Omra???

  8. Cada qual tem o seu jeito de ser feliz…
    O que é bom pra um pode ser péssimo para o outro!
    E nesse caso , de cultura diferentes , tem a questão dos costumes.Oras , se a pessoa sempre viveu uma realidade naquele país ela nunca , ou raramente , irá achar aquilo ruim ou esquisito!
    Eu gostei da parte que a moça diz :”Hijab nunca me impediu de fazer nada que eu goste de fazer.”
    Se a religião manda e a pessoa se sente bem e não atrapalha realmente em NADA, porquê não?
    Não é da nossa cultura nem da religião da maioria dos brasileiros usar hijab e abaya.Mas eu tenho certeza , tirando a parte do calor…rs , que realmente é mais confortável ,em todos os sentidos, pra mulher do que usar uma calça super justa , uma blusa decotada e passar por situações desagradáveis com os homens estranhos pela rua.Tudo pq é MODA ,a tal roupa.
    É a nossa cultura…alguém se aventura em falar mal de hijab e abaya??
    hehehe
    Pra esclarecer , não estou também criticando a cultura de nós , brasileiros , pq eu sou uma e confesso que sigo ‘sim!’ a moda , as vezes .Sem ser vulgar ,claro!
    E sei que ninguém aqui também está falando mal algum de nada….Mas que tem gente que pensa mal , ah mas tem!!!!
    Isso eu sei!!
    =)
    beijos Marina!

  9. Olá Marina, agora lendo esses post que vi que também chama Marina 🙂 ! Adorei a entrevista e a foto. O casal é lindo! Eu concordo com ela mesmo, eu acho que os maridos muçulmanos realmente se importam com suas esposas. Fico feliz por isso!

Deixe um comentário e vamos interagir!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: