Outra brasileira no Egito


Hoje tem post legal: vou contar a história da Teresa, que é casada com um egípcio também e vive em Alexandria. Eu pedi para ela falar um pouco da história dela e contar sobre um lugar diferente do Egito, fora um pouco da rota dos turistas que vão ao país. Eu não editei o texto dela, por isso como vocês vão perceber o texto está sem acentos pois no Egito os teclados não possuem esta função.

Divirtam-se!

***

Moro em Alexandria, Egito ha um ano. Vim para cá apos 2 anos e dois meses de namoro pela internet. Meus filhos já não precisam mais de mim e resolvi mais uma vez tentar ser feliz. Me casei assim que cheguei, apesar do meu marido ser bem mais novo que eu, mas acho que idade nao eh obstaculo para a felicidade. Como ele eh distribuidor de produtos para farmacias, viaja muito pelas cidades proximas daqui e eu aproveito para ir em lugares inusitados e conhecer muitas cidades que nao sao turisticas.

Hoje eu irei falar sobre uma que eh muito especial, Siwa, um oasis a 600 km de distancia de Alexandria. Nesta cidade nos fomos a passeio, pois alem de interessante e mistica, tem muitas historias fascinantes. Fica a Oeste do Egito, na fronteira com a Libia.

beduin-bando

Roupas beduínas

Neste oasis maravilhoso moram os beduinos, que acharam este lugar ha muito tempo atras e nao precisaram mais sair de lah, pois havia tudo que precisavam: água, mais de 28 mil pes de oliveiras e 5 tipos de tamaras a se perder de vista Dizem que Alexandre, o grande, ia para lah falar com Zeus Amon, onde tem um templo semi destruido. Proximo ao templo, dizem que Alexandre o grande esta enterrado lah.

A cidade possui um restaurante chamado Abdo, que tudo que eles servem eh delicioso. Ficamos em um Hotel, feito de sal, que eh lindo demais, diferente de tudo que havia visto ate entao. Chama se Heritage, e eh muito confortavel. Quando chegamos e vi a cidade de Shali, a noite, senti algo diferente, inexplicavel. Ai um taxi, carroca, pois tudo lah eh deste jeito, sem tecnologia, nos levou ate a porta do hotel.

egypt_siwa

Vista da cidade

Na manha seguinte, apos o cafe, fizemos um safari de jeep pelo deserto Passamos o dia entre dunas, e entre varios oasis que havia no trajeto. Paramos em um oasis, com agua quente e todos que estavam com a gente, alias, gente do mundo todo, tiramos o sapato e ficamos horas com o pe na agua quentinha, que dava uma sensacao de relaxamento por todo corpo ficamos vendo o por do sol, que nunca imaginei fosse tao lindo no desrto, e tomamos um cha da Libia feito pelo nosso guia Beduino.

Ficamos apenas 4 dias, em que cada dia tinha muita coisa pra se ver, como uma piscina chamada cleopatra, mas so tem o nome , Cleopatra nunca esteve lah. Como fomos em dezembro, o frio estava delicioso, mas tem uma areia em siwa, mas somente no verao funciona, voce coloca seu corpo e fica apenas com a cabeca de fora, e dura reumatismos e dizem que eh melhor que viagra para os homens. Tem o cemiterio, onde tem as tumbas mais antigas que se tem noticia, o Oraculo de Amon, as arvores de oliveiras e tamaras que parecem um mar, sem fim. Eu gostaria muito de um dia voltar em Siwa, pois foi o lugar mais incrivel que estive aqui no Egito.

taxi

táxi de Siwa

O povo beduino que vive em Siwa, fala uma lingua diferente , chamada barberie ou amazeighy, é a mesma ligua que os beduinos da Algeria, Marrocos, Tunisia e Libia . Os arabes nao entendem este idioma. Sao um povo adoravel, quem vai a Siwa se encanta com tanta pureza, pois como eles nao sao nomades, nunca sairam de lah, entao a tecnologia ainda nao chegou , e nem carro voce ve lah. Ou eles tem carroca puxada por burros ou bicicletas.

Lah eh diferente de outras cidades turisticas, pois eles nao aceitam gorgetas, pelo contrario, se sentem ofendidos se voce dar algo para eles, que nao seja comprado, ou que eles se esforcaram para obter. Eu entrei em uma loja, para voces terem uma ideia, vi tudo que havia na loja, o beduino me deu roupas de casamento , tirei fotos, nao comprei nada, ele ofereceu cha da Libia, e ainda me deu de presente um porta moedas feito com bordados pelas beduinas. As criancas beduinas sao um capitulo a parte, elas te veem, ficam encantadas e abanam para voce, correm atras da carroca, ficam doidinhas de alegria. Eu nao sei se foi a alma deste povo, ou a cidade de ruinas de Sahi, o que mais me deixou contente nesta cidade.

piscinacleopatra02

A piscina de Cleopatra

Sao um povo tao honesto, tao especial. Um dia eu me deparei com um beduino que todo dia me via espiando as casas, com muita curiosidade, e ele me falou, porque voce nao compra uma casa e vem morar aqui, pois acho que voce gostou daqui!!! Tudo com naturalidade, e as mulheres beduinas, voce quase nao ve nas ruas, e nas lojas tambem ,pois elas so ficam dentro de casa, bordando e cuidando da casa. Shali eh a antiga cidade, que esta em ruinas, e eles constriram outra fora de Shali.

O hotel Heritage aproveitou a arquitetura das ruinas e o sal que existe no lago de Siwa e fez o hotel, em uma parte das ruinas, totalmente exotico e lindo. Shali tem mais de 300 anos, mas voce ainda pode ver muitas casas, como eles viviam, e ate o nome das pessoas que habitaram as casas tem .

bedroom

O quarto do hotel de sal

As mulheres se vestem todas cobertas, mas nao de preto, eh um tipo de xadrez, e bordam muito as suas roupas. O casamento leva 7 dias, e elas usam 3 tipos de vestimentas . As pratas que eles fazem, e usam sao absurdamente lindas e imensas. Quanto mais prata usam, mais riquesa a familia possui.

ahmedandmetapete

O casal feliz

O xale do casamento pesa uns 4 kilos, de tantas missangas e canutilhos bordados. Bem se eu continuar falando dos beduinos e de Siwa, acho que te assunto para um jornal, pois eh fascinante. As fotos podem apenas mostrar algum detale, mais ver e sentir de perto, eh realmente outra coisa.

maria-teresa-in-beduin-dress

Teresa vestida de beduína

****

Agora, para finalizar, queria falar também um pouco do trabalho da Teresa. Ela e o marido tem um site muito legal http://www.fabricadonoegipto.com com diversos produtos que podem ser enviados para o Brasil.

O Egito é muito famoso pelo algodão e as peças são maravilhosas. Vocês podem contatá-la para saber mais dos produtos também no e-mail fabricadonoegipto@hotmail.com .

E atenção: se você for leitora do blog, tem desconto especial de 20% em qualquer produto de aldogão!! Aproveitem!

Anúncios

Sobre Masr culinária mediterrânea

Encomendas para Zona Oeste e Centro de São Paulo. Outras localidades sob consulta. Como trabalhamos com matéria-prima fresca, o ideal é que pedimos sejam feitos com antecedência.

Publicado em abril 28, 2009, em No Egito e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 16 Comentários.

  1. amei as fotos!

  2. Ah Marina,
    pena que algumas fotos não carregaram pra mim…muito legal.
    Beijos

  3. Olá!!! Vi seu comentário no blog “Acima de 25…”. Eu citei a reportagem do jornal O GLOBO sobre as mulheres que estão se revertendo para achar o príncipe encantado das arábias!!!
    Confesso que achei muito estranho!!! Uma coisa é se revertar por se identificar com o que a religião ensina. Agora, só para achar um homem?? Concordo com vc…

    Abraços, Ju.

  4. Lindas fotos, lindo lugar! Fiquei muito curiosa p conhecer!

    E parabens, Teresa, por ter dado uma chance a felicidade!!! Tbm sou mais velha q meu marido (10 anos), tenho um filho adolescente, mas nada disso nos impediu de sermos felizes (e olhe q ele eh indiano e tah enfrentando o maior preconceito por causa disso). O amor nao enxerga idade, nacionalidade, nada disso!

    • Ola Sheila
      Realmente, vc tbem eh corajosa
      Espero que voce continue sendo feliz, e deixe os comentarios a parte, pois se vc for contentar a tudo e a todos, nunca dara uma chance a voce mesma
      Um grande abraco e fique com DEUS
      Tete

  5. Oooolha guria que pandego esse história hein
    Tereza deve estar passado por uma experiência que por mais detalhada deve ser inexplicável.Porque tu ti imagina, se relacionar com alguém mais novo, depois de algum tempo começar uma nova relação, deixar o Brasil, e ir pro Egito um país totalmente diferente, ainda por mais embarcar numa relação via internet.É tuuudo de bom, Tereza realmente sabe viver a vida.Olha quanta delícia de lugares ela já conheceu.
    Vi no Fantástico esse hotel de sal.Até brinquei agora com a mãe que eu iria levar limões haushausha e ficar passando na parede, adoro limão com sal hehehe
    Mas tu sabe, achei Tereza uma mulher tri corajosa e cheia de motivos pra ser sempre admirada.
    Parabéns Tereza

    ps: Humm Marina Se eu não estivesse incunumizanu haushausha eu ía cair as graças do algodão egípcio 😉

    Beijos Linda saudades desculpe minha ausência é que está corrido pra mim, estou super trabalhando, se bobiar té lavar roupa pra fora eu lavo kkkkkkkkkk pra poder viajar em Agosto

    Mas sempre que possível venho ti ver ou mando recadinho 😉

    Adooooooro-te linda dos olhos ma-ra-vi-lho-sos

    • Rs….venha pra cah que eu te levo, com todo prazer, e os limoes eu levo junto,rs…
      Obrigada pelas suas doces palavras.
      Estou dia a dia descobrindo este pais maravilhoso, e confesso que nao tenho vontade de sair daqui.
      Bjs
      Tete

  6. Como sempre….o seu ponto de vista é bem mais interessante…..
    beijos e volte com seus posts!!!

  7. Tete que linda a sua historia!… vc é iluminada…merecedora de toda a felicidade do mundo!
    Nada acontece por acaso…td nessa vida tem um pq!!…vc é uma egipcia, que nasceu no Brasil….minha irmã de alma…bj

  8. Oi Marina! Adorei este post sobre a estória da Tereza e da coragem dela. Gostei também das curiosidades que ela nos contou. Parabéns Tereza e felicidades!

    Bjinhos

  9. Teresa achei muito interessante a sua historia porque se parece mais ou menos com a minha, eu me comunico via internet com um Egipcio de Alexandria hà 7 anos, isso mesmo 7 anos, e so agora estou criando coragem para ir ve-lo ja que com seu trabalho è dificil se expostar por um longo periodo, entao sera eu a viajar, mas confesso que ainda tenho um pouco de ressentimentos e medo claro, afinal nao o conheço pessoalmente, atualmente vivo na Europa, entao fica ainda mais pertinho a viagem 4hs(aviao), quais os conselhos que voce poderia me dar? estava pensando de ir com uma Agencia de Viagem, assim ao menos me sinto mais segura(espero)……..abraços e parabens pela sua historia!

  10. fabricadonoegito

    ola Amy
    7 anos?
    eh tempo pra burro hem, menina
    O que sera que esta faltando para vc tomar coragem e vir pra cah, ver seu amor?
    E depois de todo este tempo, vc ainda quer vir com agencia, com muitas pessoas por perto e fazer o roteiro que elas querem?
    O conselho que vou te dar eh so um
    Venha logo, antes que seja tarde demais
    E sozinha, por favor
    Se voce ama este homem, venha, nao tenha medo de ser feliz muieh
    Te dou a maior forca, se voce precisar de algo aqui
    Se precisar do meu telefone, veja no meu site
    http://www.fabricadonoegipto.com
    Lah tem meu hotmail, fone e estou aqui a sua espera querida

  11. Parabéns Teresa!!! Sou fascinada pelo Egito também e já vou olhar teu site.

  12. Que maravilhoso sou uma eterna apaixonada pelo egito,mas ainda não fui estava procurando sobre o inverno lá quando me deparei com estas informações super valiosa,principalmente pra quem deseja visitar o lugar. Obrigada

Deixe um comentário e vamos interagir!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: