Comentários


só algunscomentários sobre aquele post “Mágoa”. Ele está com senha agora pois minha intenção não era expor a pessoa que falou aquelas palavras, tanto que não citei que tinha lido em determinado site ou o nome dela, foi ingenuidade minha achar que as pessoas não iriam achá-la e até ofendê-la. Diz ela que até palavrões ouviu, postou o ponto de vista dela, que já tinha ajudado muitas brasileiras antes, mas isso não vem ao caso.

A questão é que agora o erro se tornou meu, o Haram (pecado como chamamos), pois é muito grave expor os erros dos outros, devemos conversar e tentar levar a pessoa para o lado certo, não difamar ninguém, pois isso só a levará mais para o lado errado e a raiva, e foi isso que aconteceu. Peço desculpas a todos e a ela pela exposição, também escrevi num momento de mágoa, como o nome do post diz, e quando falamos nestas horas às vezes não raciocionamos direito as consequencias. Bom, fiquei triste por terminado desta forma, pois minha intenção foi mais protestar pelas pessoas que como eu conheceram o Islã depois de conhecer alguém na internet, e acabou nisso tudo.

Mas se tem uma coisa que eu costumo perder as estribeiras é quando falam do meu casamento (ou da forma que foi feito, que conheci ele na internet, etc) ou quando falam mal do povo egípcio (não foi o caso desta vez, mas já aconteceu algumas vezes).

Anúncios

Sobre Masr culinária mediterrânea

Encomendas para Zona Oeste e Centro de São Paulo. Outras localidades sob consulta. Como trabalhamos com matéria-prima fresca, o ideal é que pedimos sejam feitos com antecedência.

Publicado em maio 21, 2009, em De tudo um pouco.... Adicione o link aos favoritos. 8 Comentários.

  1. Salam Aleikum wa rahmatulá
    Bom dia, Marina querida!!
    Que atitude bonita a sua!! 🙂
    Eu acompanhei os comentarios, sobre o tema…nao estou aqui para falar criticar ou elogiar o q foi dito..isso nao vem ao caso.
    Mas lembra do q comentei sobre o haibat?? Que é a situação em q uma pessoa fala mal de alguém, sem ter certeza, simplesmente expõe a pessoa, sem saber a historia?? Logico..é um tema longo e nao é tao “simplista” coomo estou colocando…hehe.
    Mas foi isso q pensei na hora. Pq a Marina esta colocando o texto como exemplo dessa moça? Sendo q poderia ter feito o tema, relacionado com sua propria experiencia? Afinal,nao citou nomes, mas citou as palavras de uma moça..o q na internet é “meio” parecido, se é q me entende… 🙂
    Mas, aprendi q se nao podemos elogiar, nao devemos falar mal….Aprendi isso na vida…
    Eu gostaria apenas de parabenizar tua atitude, reconheceu seu erro…e isso requer uma boa dose de humildade. 🙂 🙂
    Somos humanos, erramos todos os dias, erros grandes, pequenos, erros com consequencias, erros insignificantes…simplesmente erramos. Mas qdo acertamos, tb devemos merecer reconhecimento…
    Tb nao estou aqui, (antes q me atirem pedras..hehe), para ouvir: ah! mas ela falou sobre “mágoa” pq aconteceu isso, isso e isso! Ou pq falam da forma como ela conheceu o marido e casou…nao, nada disso!!
    Estou apenas para te dizer q seu gesto foi muito correto; erramos na vida e devemos consertar o erro…nao importa o “tamanho” dele.
    Seja na vida real ou virtual….
    Era isso, espero q nao se importe com minhas palavras…Sao palavras de quem te admirou muito hj!! 😉
    Fique com Deus, e que Ele abençoe voce, seus pais, seu marido e sua familia.
    Allah yubarik fik

    • Salam Marina,
      Eu fui uma das pessoas que se indignaram com ela. A Marina nao tem culpa nenhuma do que foi dito a essa pessoa. Por que expor uma opiniao dessas na internet,sera que ela achava que ninguem iria ver?? O post dela para outra pessoa espalhou rapido e o resultado e esse que vimos, Ouvir isso de uma passoa que nao e brasileira nao e agradavel,mas se torna insuportavel quando voce ouve de um brasileiro como voce.
      Todas pessoas tem direito de buscar sua felicidade e muitas meninas se casam com estrangeiros muculmanos e as que casam com muculmanos no brasil e depois se mudam para o pais de origem dos maridos nao podem se sentir superiores as primeiras.
      Conheco a Marina e o Mustafa pessoalmente,tenhi muita admiracao por ela e quero ela para minha amiga o resto da vida.Qaundo qualquer brasileira chega aqui nunca fizemos destincao se essa ai e muculmana ou nao,simplesmente ajudamos no que podemos sem fazer propaganda.Damos com uma mao e escondemos com a outra.Estou muito indignada com a atitude dessa menina por que sou brasileira,muculmana e tenho vergonha na cara.Ela colocou todas na mesma panela.
      Salam a todas..

  2. Ainda q a Marina possa ter errado, no afã da sua tristeza e porque ñ dizer decepção pelas palavras de tais senhoras. Sua falha ainda q não possa ser apagada, tem uma justificada razão. Ela é tem sentimentos e não está livre das dores desta vida. Como não ficar arrasada? Afinal, ela descobriu sua felicidade duas vezes, através de seu amado. Conhecer uma nova fé( pela qual ela já se interessava em conhecer) que ela abraçou sinceramente e um esposo devotado a ela e ao Islã. E por causa de outras pessoas, q ñ procuram o Islã por devoção e sim por uma proposta união civil, todas são colocadas no mesmo saco.
    Que a dita senhora aprenda, a ter um coração mais nobre e uma língua menos ferina. Que mesmo vendo essas caçadoras de casamento disfarçadas de véu. Ore, peça a Allah que abre os olhos e corações dessas coitadas. Que fique até felize de ver q estas moças reconhecem, que em um mundo tal devasso há homens que valorizam a família e o temor a Allah, que seus irmãos de fé estam dando uma lição ao mundo.
    Esta pessoa sentiu-se ofendida? Então conheceu como Marina se sentiu, ofendida também. Todas erramos. Todas somos humanas; se fossemos perfeitas aqui não estaríamos. Acredito que todos conhecem o “efeito dominó”, “colhe-se o que planta-se” e outros mais. Que cuidemos de ser mais irmãos e menos juízes, pois este cargo somente a Ele pertence. E Ele não outorgou a nenhum de nós esta responsabilidade. Um abraço as duas.

  3. Entendo a posição da marina. Foi coerente.

    Mas pq fazer crítica é falar mal?
    Coisa chata, crítica não foi feita pra destruir. Ela existe para termos a possibilidade de arrumar o que está errado…
    Todo mundo erra. Porém, se ela é idiota ao ponto de achar que a crítica era sobre ela e não sobre o seu comportamento, daí o problema é dela.
    As críticas eram contra um comportamento e não uma pessoa.

    Todos somos sujeitos a crítica, ela só se esqueceu disso! Nossas palavras causam efeito. Por isso, é sempre bom pensar duas vezes antes de escrever.
    Além disso, vc tem que ser muito ingênua, pra não dizer outra coisa mais clara, em acreditar que ng iria ler esse comentário. Que tipo de sigilo existe na internet? É pra rir, né? Tem que ser muito tola pra achar que em uma rede de relacionamentos os seus comentários morrem ali e não reverberam.

    E eu não retiro o que disse. Quem tem complexo de inferioridade que se trate. Terapia é um dinheiro bem empregado!:))

  4. Oi Marina!!! Fico triste e ao mesmo tempo feliz com seu post de hoje.
    Triste pois as vezes nossa indiginação com a forma ou atitudes de outras pessoas nos afetam de uma forma cruel, provocando mágoas. Sinto que uma parte do problema está em colocarmos sobre o outro as nossas pessoais espectativas baseados em nossos parametros relacionados com a nossa propria forma de agir diante destes assuntos. E quando vemos algo diferente sentimo-nos frustrados, decepcionados. Eu te entendo pois passo por algumas situações no meu trabalho que as veze me deixam ….”
    Fico também feliz quando em um momento de calma e reflexão nos deparamos com nossos erros. E podemos perceber e aprender o que fazer quandp diante de uma nova situação, comtornar e dar a love ta por cima.
    Eu Te admiro Muito por sua honestidade e simplicidade e pela humildade demonstrada.

    Meu Grande Abraço a você

    Que seu coraçãozinho seja replato de paz

    apesar de não conversarmos muito Sinto te como uma irmã.

    bjinhos
    E não se preocupe todos cometem erros até quen estes não pareican trazer conseguencias or atingir outra pessoas
    Estamos do seu lado!

    Te amos
    :*

  5. Meninas..

    Todas falaram muito bonito.
    Parabens por estarem do lado da Marina,ela merece.
    Estou aqui no Egito assim como a dona SHAIKHA (pq ela pensa que sabe alguma coisa de religiao),me doeu muito ouvir isso de uma brasileira como eu,isso e cuspir demais no prato que comeu.Eu fui uma das que postaram para ela mostrando toda minha indignacao e inclusive coloquei- a no seu devido lugar,ja que ela e brasileira tambem.Essa ai e do tipo que muda o nome e prefere esquecer o nome brasileiro.Acreditem qe conheco gente assim aqui.

    Minhas palavras:
    “Se todos os brasileiros sao beberroes e todas as brasileiras sao vaidas,parabens entao voce tambem se enquadra no nosso meio,pq e brasileira assim como eu.”

    A resposta dela foi que eu nao pertenco a classe dela.

    Triste,triste e muito triste ver alguem da sua terra morando tao distante e dizer essas coisas sobre os proprios brasileiros.Aqui somos tao poucos e a maioria que vive aqui sao pessoas de bem,honestas e trabalhadoras independente da religiao ,por isso nao aceito esse tipo de comentario maldoso.

    Salam

  6. Concordo com a Elaine! Poxa, já deve ser tão dificil morar em outro país com costumes tão diferentes dos nossos, e alguns expatriados, ao invés de se unirem, ficam cuspindo no prato que comeu!!!!

    ODEIO com todas as forças, brasileiro que renega suas origens e fala mal do Brasil. Sou casada com indiano e vejo o quanto eles, por pior que o país seja, defendem a India e os indianos até a morte. Falta isso em muito brasileiro.

    E essa complexada que assuma o que disse. Quem fala o que quer, ouve o que não quer!!!

  7. Uma atitude que só demonstra que errar é humano! Mas admitir o erro e corrigir é o que nos torna Humanos mais próximos Dele.
    Beijos

Deixe um comentário e vamos interagir!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: