A diferença da burka e o niqab


Para informar melhor, nada melhor do que ver:

2

4283_103607025026_629420026_2978641_5797433_n

Esta é a Halima!! A brasileira do post anterior

hijab-cartoon

niqab3

Anúncios

Sobre Masr culinária mediterrânea

Encomendas para Zona Oeste e Centro de São Paulo. Outras localidades sob consulta. Como trabalhamos com matéria-prima fresca, o ideal é que pedimos sejam feitos com antecedência.

Publicado em julho 1, 2009, em De tudo um pouco... e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 12 Comentários.

  1. ALGUNS MODELITOS SÃO ATÉ GRACIOSOS, MAS A PAUTA DO ASSUNTO Ñ É SER FASHION. EU SOMENTE POR MUITA FÉ OU FRIO USARIA, SOU EXTREMAMENTE CALORENTA E SINTO-ME SUFOCADA C/ QUALQUER GOLA MAIS ALTA.
    APENAS OLHANDO PARA TANTO PANO EM UM POSSÍVEL DIA QUENTE, JÁ SINTO-ME SEM AR.
    TEM UM OUTRO MODELO QUE ME SALVARIA, EU O VI NO OUTRO BLOG. AQUELE SIM, EU Ñ TERIA DIFICULDADES.

  2. SAT SRI AKAL!

    Eu amei tanto o post anterior quanto esse. Depois de conhecer o teu blog que pude compreender melhor o significado disso tudo e te digo que fiquei encantada! Admiro de verdade, penso ser algo correto, bonito, que revela uma sinceridade em não se expor e não se mostrar como uma carne no açougue.

    Infelizmente as mulheres pensam que não ser “reprimida” é sair com os peitos de fora, a bunda aparecendo, rebolar até o chão e se esfregar com qualquer um. Isso foi o que fizeram do Feminismo, distorceram tudo e agora temos que tolerar uma inversão de valores catastrófica! Eu lamento muito e fico tão triste, porque as mulheres além de estarem perdendo seus valores, estão zombando e julgando aquelas que não querem cair na massa de parecer um produtor em um comercial de cerveja!

    Deixo o hijab, a burca, e similares pra quem é muçulmano, já dizendo que respeito muitíssimo e agora admiro demais, mas pode ter certeza que sigo o mesmo princípio. Minha sensualidade é pra meu Raja, não pra qualquer estranho na rua. Meu corpo é sagrado, templo do meu Kadosh YHVH, e não foi criado para degradação, seja moral ou física. E quem achar careta… fazer o quê?! 🙂

    Beijão. Te admiro muitíssimo!

  3. Marina, qual dos hijabs desenhados vc prefere? Eu achei lindinho o da turista iraniana, é igualzinho mesmo o q passa em Persépolis (vc assistiu esse filme? Maravilhoso!), só as pontas amarradas embaixo do queixo. Super prático!

    Não sabia q tinha tantos tipos diferentes…

    Respondendo a Jarid, eu não acho q eu tenha que me encaixar num destes 2 polos: ou me cobrir toda ou mostrar a bunda na rua. Apenas quero andar de shortinho e camisa de alcinha no verão de Salvador. Será que agora até isso é vulgar??? Vou dormir de sari então, blééééée´…

    • Claro que vi Persepolis.. aliás, adoro o cinema iraniano (sou cult às vezes, tá? ehheeheh) no caso o filme é francês mas é tãooo deprê, fiquei uma semana triste depois de ver ehehhe

      mas eu sinto que no Irã tem mta coisa deturpada em relação a religião, mas isso é outra discussão, o filme mostrou mto isso.

  4. Uauuuu, agora entendi a diferença. Ontem já dei uma pesquisada e já vi, muito bom o post! 🙂

  5. Só uma pergunta, esse hijab sexy do desenho, existe? Ou é usando blusa e calça e mais o hijab? Outra esses styles é Syrian, ou seja, encontrado nas ruas das cidades da Síria?

  6. Halima Umm Hisham

    Ola Marina!
    Esse desenho mostra bem o que vc pode ver nas ruas de Damasco na Siria, morei la por 1 ano e eh por ai rsrsr.
    Quanto ao Hijab sexy, obviamente que deturpa completamente o objetivo do hijab, que eh manter a modestia, mas em paises como a Siria e ate mesmo aqui no Egito nao eh dificil de ver…

  7. Salam, Marina!

    Eu tava pensando… será q a proibição do niqab e burka tbm não seria por motivos de segurança?

    Pq ambos cobrem o rosto. Imagina aqui no Brasil, se a moda pegasse, o que ia ter de criminoso se escondendo atrás da burka/niqab.

    Se for por este ponto, sou super a favor. Não proíbem filme preto na janela dos carros? Então, pq não proibir algo que compromete a segurança por impedir a identificação do indivíduo?

  8. É…esta questão da identificação do individuo é mesmo o cerne da questão, pelo menos na minha forma de pensar. Sei que para muitos é uma quezília religiosa, mas para mim não é isso.
    Como se pode resolver a questão da identificação dessas pessoas em bancos, balcões de atendimento de serviço público e demais instituições a que todos recorremos?
    Um beijinho!

  9. Olá querida, gostei muito do seu blog e quero compartilhar que Dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher aqui na Av. Paulista, a UMAPAZ Universidade do Ibirapuera, promoverá um Evento em apoio à luta pela Liberdade das Mulheres iranianas

    Iranianas comemoram o Dia Internacional da Mulher lutando por seu direito de retira o véu

    Não desejamos com isso nos manifestar contra o véu islâmico, mas a favor do direito feminino de escolher usá-lo ou não. Reconhecemos o direito à escolha como um direito humano fundamental. No entanto, as mulheres do Irã são obrigadas, independente de seu credo religioso, ao uso do véu. Ao contestarem essa obrigação, muitas são presas e até condenadas à morte. Queremos Liberdade de escolha para as mulheres no Irã. Apóie este evento. Participe da FLI e defenda o direito feminino no Irã.

    Se vc puder divulgar as suas amigas em São Paulo!!!!

    • Olá,

      eu entendi sua manifestação, mas acho que o véu não tem nada a ver com direitos das mulheres, principalmente em países islâmicos. A liberdade está em muitas outras coisas, e acho, sinceramente, ridículo pessoas que não são muçulmanas e não vivem num país islâmico encabeçar esse tipo de movimento, pois é justamente CONTRA a liberdade da mulher, já que pode ter certeza, a maioria opta pelo uso do véu por que quer. Eu mesma, brasileira, não POSSO usar o véu no meu BRASIL, que se acha tão livre ao ponto de protestar pelo outros, até mesmo nesse parque no Ibirapuera, já andei com minha sogra de véu, e tive que ouvir chacotas to tipo ARE BABA, olha a JADE…. então, sinto muito, mas uma coisa dessas só pode me revoltar e subir no sangue….Sinto muito, mas vcs não conhecem a realidade destes países e no Egito, onde vivi, a liberdade da mulher não está ditada pelo uso ou não do véu (já que lá não é obrigatório) mas sim pelos mesmos problemas que encontramos no BRasil. Peço PELO AMOR QUE VCS TEM AS MULHERES, não prejudiquem mais aibda as MUÇULMANAS BRASILEIRAS divulgando conceitos errados sobre o uso do véu!!!!

  10. Eu JAMAIS usaria algo como o sexy, ou o chic!

    Como muçulmana, acredito que o niqab tradicional, é e sempre será a vestimenta ideal, para manter a discrição da mulher!

    Qualquer outro molde nada mais é do que deturpação da verdade.

    e sim, eu faço questão de dar o exemplo e usar o niqab, e sempre em cores neutras, ou discretas, sem adereços chamativos!

Deixe um comentário e vamos interagir!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: