Pensando sobre religião


É engraçado como a procura por nossos antepassados é instigante. Sejam os cientistas, loucos por teorias da evolução; filósofos, para os quais a existência começou com a alma e a razão; ou religiosos, que nos fazem nascer do barro. Eu, reles mortal, patinava em tudo isso em busca de razões. E à medida que mais me procuro, menos sei de mim mesma.

*

Existiu um tempo em que eu não entendia  a religião, os credos e porque deveria confiar no que os homens me falam. Esperei ver um milagre na minha frente, fui em retiros e achava que ia ver Jesus passeando em alguma nuvem. Pedia alguma prova, mas depois ficava com medo de algum santo me aparecer de noite e me dar um susto. Falava para Deus então que eu não queria ver nada não, muito obrigada.

Aprendi sobre a ciência, li de cabo a rabo um livro sobre os dinossauros. Pensava em como o mundo poderia ter tido tudo aquilo, como espécies desaparecem. Ouço falar no fim do mundo, no aquecimento global, na volta de um profeta. Queria saber onde está Deus, fazia as perguntas básicas da filosofia: de onde vim, para onde irei?

Mas depois de viver perdida neste mundo, encontrei alguém que me tirou a poeira dos olhos e libertou meu coração. Algo inexplicável nos uniu mais do fisicamente.  O que inquietava meu coração simplesmente sumiu. Aprendi novas coisas, um olhar diferente sobre Deus e vi lógica no mundo. Não, não virei criacionista. Muito pelo contrário, com a fé renovada vi muito mais sentido nas explicações da ciência, entendi a mágica dos buracos negros, a magnitude dos instintos animais e a ordem suave e constante da natureza. Se existe algo que nos deu origem, uma evolução da espécie, nada disso poderia acontecer sem um ponto inicial. É Deus que iniciou nosso processo de existência, sem Deus, mesmo com a evolução e mil Darwins dando ordens, nunca chegaríamos ao que somos hoje. Existe algo além do que podemos explicar dando sentido a todas as mudanças e a evolução não pode ser apenas do acaso. Ou por acaso nos tornamos humanos? Por um simples capricho da sorte estamos aqui, temos sentimentos e pensamos? Impossível. Não sei como os ateus sobrevivem a estas questões tão simples.

Vejo na ciência e religião complementariedades, não disparidades.

Um sorriso me escapa a cada vez que descubro mais coisas do nosso mundo e do universo. Já ouvi falar de massa negra tapando buracos no universo, da física que nos mantém grudados ao chão. E vejo coisas tão simples e grandiosas ao mesmo tempo, uma gota d’água evaporando na frigideira, uma brisa tocando meus cabelos.  A cada mistério, em cada nova pergunta, só consigo enxergar a existência de Deus.

*

Minha fé não veio apenas na forma. Ser muçulmana não significa apenas vestir certas roupas, rezar com a testa no chão ou dizer Salam Aleikom. Ter fé é sentir, estudar, buscar conhecimento que vai além de normas e regras a serem seguidas. Não me adianta de nada decorar mil hadiths ou dizer que sigo a sunnah, ir até Mekkah e chorar em frente à Kabbah se faço tudo sem entender que, acima de tudo, as provas de que Deus é grande – Allahu Akbar – estão no meu dia a dia e em qualquer lugar. E para exergar isso não existem métodos ou regras, é algo que nasce dentro da alma.

Não, não estou renegando nada, nem dizendo o que é ou deixa de ser obrigatório. Mas acredito que só vou deixar de ler notícias com menos preconceitos e piadas em relação a nós quando os próprios irmãos muçulmanos deixarem de pensar apenas na forma, nos julgamentos que fazem e nas desculpam que vivem criando para cometer abusos, e passarem a se focar no mais importante, em Deus.

(e o pior é pensar que o que escrevi hoje, para alguns muçulmanos será de ofensa grave.)

Anúncios

Sobre Masr culinária mediterrânea

Encomendas para Zona Oeste e Centro de São Paulo. Outras localidades sob consulta. Como trabalhamos com matéria-prima fresca, o ideal é que pedimos sejam feitos com antecedência.

Publicado em novembro 4, 2009, em De tudo um pouco... e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 11 Comentários.

  1. Oi, minha linda! Obrigada sempre e muito por teus comentários lindos. =D

    Sabe, sobre o final do teu post. Sempre estamos no alvo de quem não compreende nossa intenção. Passo por coisa assim no meio cristão, pois os cristãos se esqueceram o que é ser cristão. Quando falo, me chegam as pedras. De mesmo modo, se algum de seus irmãos se chatearem, isso faz parte, sempre pagamos um preço por sermos diferentes.

    E o que você disse sobre a ciência.. meu Deus, como eu concordo. Sou evolucionista (apesar dos erros e buracos) e vejo em tudo a existência de Deus. Exatamente esse ponto inicial que tudo fez, que criou as leis físicas, os buracos negros, os instintos, cada pequena célula de cada pequeno ser vivo… isso é simplesmente maravilhoso e jamais seria a obra do mais puro e ilógico acaso.

    Passei muito tempo (5 anos) perdida, com essas mesmas perguntas. Quem sou, porquê, quando, onde, quem… passei por tudo quanto é religião, até Satanismo, e cheguei onde estou. Daqui eu não saio daqui ninguém me tira, hahaha!

    Você é um doce, aaah! 😀

    Mil beijões!!!

  2. Sabia que vc era especial =D

  3. Olá Marina !

    Esse post está muito especial, quem sou eu para dizer mas…vou dizer : você realmente conseguiu enxergar a essencia do que é crer em Deus, acreditar q Ele é o criador de tudo, q Ele nos deu a vida e que sem Ele nada do que a humanidade se tornou hoje seria possível.

    Não importa a gente descobrir se o homem evoluiu de um macaco ou não, nada disso tira a grandeza e a perfeição com que Deus nos criou. Mas o ser humano é tão inconformado, sempre quer respostas, sendo que quando o assunto é Deus, não existem respostas exatas, porque ELE É A RESPOSTA.

    Um abraço da sua irmã em Deus,
    Luciana.

  4. Voltamos a velha questão: e quem criou Deus? Ok, Deus se auto-criou. E pq o Universo não poderia ter se auto-criado tbm? São questões difíceis e eu consigo ver lógica em ambos os lados: ateus e crentes.

    Por isso fico com o Budismo, que não se importa se Deus existe ou não. A religião mais simples e mais complexa ao mesmo tempo.

    • Let me analyze
      ENERGY(GOD)
      |
      \/

      Neutrons
      |
      \/
      electrons
      |
      \/
      Atom
      |
      \/
      Elements
      |
      \/
      Objects/Life

      So, if we go up the root level of Origin there is only Energy. For example I am a Hindu guy and you are a Muslim guy. Let us break ourselves into minute places. At every stage we find you and me are same. Not a single bit of difference and finally when we reach the topmost point we find that we are energy. And this energy is omnipresent. Nobody can create or destry energy. It wa spresent long before when there was nothingness and now where everthingness and will be present. Its the law of physics. So after all we are all energy and we are same. So, there is not Religion. But the things is that there has been created a lot of Religions created by people. But the most important this is that if even there exist God, God never created Religions. God gifted us with all equality but its us who created things to justify the bestness of themselves…..

      Anupam G

  5. Oieeee Marina!!!!.
    É interessante como pessoas de religioes diferentes podem pensar no essencial que é DEUS =].
    Por exemplo, eu concordo plenamente com o que voce disse e no entanto sou evangelica =]. Acredito que DEUS tera uma forma muito especial de julgar as pessoas naquele dia.
    Eu fico todos os dias maravilhada com a grandeza de DEUS. Faço faculdade na area de saúde e é impressionante como tudo funciona perfeitamente. Acredito na ciencia, mas ela nunca tirou minha fé, muito pelo contrario ela só provou que DEUS realmente existe, e que ELE é digno de toda adoração =].
    Tive muitas duvidas tambem quanto algumas coisas sobre que caminho (religiao) seguir, mas um dia eu finalmente descobri a rezao de tudo foi ai que me encontrei em DEUS em JESUS =].
    O mais dificil hoje no entanto nao tem sido lutar contra preconceito de outros, digo isso no Brasil, mas o mais dificil aqui é se ver lutando contra opinioes dos proprios irmaos da igreja. E é engraçado como acontecem heresias porque ao invez das pessoas lerem o texto completo da Biblia, elas pegam trechos isolados para construir uma teoria na intensao de defender sua propria ideia e julgar o proximo. Na minha opiniao a Biblia e os livros sagrados estao no mundo para quem quiser ler, ninguem mais pode falar que é inocente nao é verdade? =].
    Porem mesmo nós tendo que ver certas coisas que machucam em nosso proprio convivio religioso, podemos dizer que estamos plenamente realizadas em DEUS né =]. E vivemos olhando para o alvo, procurando fazer a diferença =].

    bjuuuu
    fica com DEUS =]

  6. Salam Marina!
    Nossa fiquei com lágrimas nos olhos, principalmente na parte “…Não me adianta de nada decorar mil hadiths ou dizer que sigo a sunnah, ir até Mekkah e chorar em frente à Kabbah se faço tudo sem entender que, acima de tudo, as provas de que Deus é grande – Allahu Akbar…”
    É dessa forma que eu penso.
    E não fique receosa de algum irmão ou irmã te criticar. Todos devem respeitar nossas opiniões.
    Eu recebo de vez em quando algumas críticas mas só quem conhece meu coração é Allah swt e é à ELE que prestarei contas no dia do juízo.
    Lembro certa vez na mesquita daqui, nosso professor Sami Ahmed Isbele, falou sobre isso, de que não adianta mostrar p sociedade que vc ora 5 vezes ao dia, faz sadaqa se vc não está entendendo a razão…É a mesma coisa que fazer jejum no Ramadan e não entender que não é só abster-se de comida.
    Enfim Marina, belo post , que ALlah swt continue sempre abençoando vc e sua família. Amen!

    Bjs

    Salam

  7. moniquerosabrasil

    Não tenho muito o que dizer… mas falta de compreensão é sempre ruim.

  8. Olá Marina, td bem? Depois de tanta correria voltei para ler o teu blog…
    Gostaria de saber quando voce começou a escrever nele, pois tentei ler alguns posts mais antigos e eles tem senha, como posso ler os mais antigos?
    Posso te enviar um email? Estou precisando falar com alguém (mulher) que se convertou pois meu namorado quer casar e quer que eu me converta…confesso, estou perdida…
    Grata, beijinhos

  9. BOM DIA.
    Em primeiro lugar gostaria de agradecer o carinho de suas palavras para com o meu trabalho, trabalho este que faço com muito carinho e dedicação para vocês, embora muitos e muitos problemas estejam por trás. O seu cantinho também é genial, adorei.
    Contar histórias é um exercício fantástico, eu faço isso naturalmente. Na verdade todos nós temos um pouco de contador…
    Bem, hoje a minha história para vocês é de DOM SEBASTIÃO – uma das minhas preferidas, espero que aprecie.
    Volte outras vezes,
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER… terá sempre uma história para contar.
    Beijo grande.
    Que a PAZ e o BEM esteja sempre com você.
    Saudações Florestais !

  10. “Não sei como os ateus sobrevivem a estas questões tão simples.”
    Sobrevivo sim e acredito que somos frutos do caso. Acho uma resposta mais plausivel do que um ser que fica olhando por nós e não nos ajuda em nada. Se Allah fosse o verdadeiro deus muitas pessoas não estariam morrendo vitimas de bombardeios, seja na Palestina ou no Afeganistão com os atentados.
    Se fosse o da Biblia muitos não estariam morrendo de fome no Brasil, o pais com mais quantidade de cristãos no mundo.
    Se fosse Brahma/Chiva, na India nao existiriam os dalitis.
    Sou atéia, me sinto livre e feliz, simples assim.

Deixe um comentário e vamos interagir!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: