Amizades em busca do amor


Com a globalização, é inevitável que cada vez mais relacionamentos sejam misturados, como o meu, e que as dúvidas sobre cultura, adaptação, integração, se tornem mais fortes. Eu achava que a onda de casamentos egípcios era forte naquela época que eu me aventurei por lá, com outras doidinhas como eu como Nadir, Mellyssa e Katie.  Nessa época também conheci virtualmente a Wally e pessoalmente a Elaine, além do amor de pessoa que é a Ana.

Mas a gente ficou pra trás faz tempo nesse tipo de história. Antes a gente se matava de discutir nas comunidades do Orkut o que fazer, como, o que beber, o que respirar até no Egito. Agora o pessoal já me manda e-mail casado, com filhos e às vezes com casamento já desfeito. Acho que o efeito desse mundo mais conectado se expandiu milhares de vezes desde que entrei nessa onda, em 2006. Hoje não dá nem tempo de conhecer todo mundo, algumas nem ficam preocupadas como nós éramos em ter relatos de pessoas, em ler blogs como esse ou passar horas debatendo em fóruns e marcando encontros. Tudo ficou ainda mais rápido, mais pessoal e íntimo, deixou de ser um grande desafio ir para o Egito.

Mas uma das coisas legais do blog é que continuou conhecendo gente disposta a ter este tipo de aventura, ver que tem muita gente que compartilha este tipo de desejo como eu tive antes, e sonham em ter um relacionamento bacana. Claro, nem todo mundo tem sorte ou encontra realmente o que buscava, mas casamento é assim mesmo, não importa se o conheceu na esquina da sua rua ou do outro lado do mundo, as variáveis para dar certo são infinitas e acho que só mesmo o tempo, o senhor da razão, que vai dizer se é para sempre.

Eu acabo de completar 3 anos de casada, quando paro para pensar em tudo que fizemos acho que foi parte de algum filme que vi no cinema ou livro que li algum dia. Alguns detalhes eu posso jurar que eu estava sonhando, mas quando pergunto pro meu marido realmente aconteceu. E todo dia acordo ainda nas lembranças, no espanto, na alegria de ter tudo dado certo, ao final.

As amizades? A maioria se foi com o passar do tempo também, até porque eu não sou um tipo de pessoa fácil de lidar. Infelizmente não tenho contato com boa parte das pessoas que fizeram parte daquele momento, da minha história, mas elas para sempre ficarão guardadas em meu coração, independente do caminho que cada uma tomou.

A vida corre, hoje a rotina já tomou conta e nada muito digno de holliwood acontece na minha vida, mas a sensação de que vivi algo grandioso junto com outras brasileiras naquela época permanece, e isso sempre me motiva.

Melly e eu no Cairo

Anúncios

Sobre Masr culinária mediterrânea

Encomendas para Zona Oeste e Centro de São Paulo. Outras localidades sob consulta. Como trabalhamos com matéria-prima fresca, o ideal é que pedimos sejam feitos com antecedência.

Publicado em janeiro 11, 2010, em No Brasil, No Egito e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 15 Comentários.

  1. Parabéns pelos anos de casamento, lindona! Que felicidade. Vocês são lindos juntos e eu só tenho a desejar coisas mais lindas ainda.

    Realmente a troca de experiências, a quantidade de envolvimentos… tudo está em maior quantidade, mais fácil e rápido. Por vezes me assusto com os blogs que aparecem, as histórias…

    Tenho certeza que um dia vou me lembrar do meu começo também.

    Mil beijões!

  2. Verdade, quantos momentos impensáveis cada um de nós vive!! Sejam eles inesquecíveis ou não, sempre farão parte da nossa história. Alguns contatos se perdem no decorrer da vida, mas nunca deixarão de ser lembrados.

    PARABÉNS PELO NIVER DA
    SUA UNIÃO

    BJÃO

  3. E como….. quando conheci my pyar ano passado nunca imaginava que existiriam tantas garotas e mulheres na mesma situação, e uma curiosidade virou coisa séria e hoje juro que estou sim disposta a mudar minha vida, mas não só por culpa dele mais também por tudo que andei aprendendo com convivência com seus costumes e sua família que me trantam bem e me aceitam mesmo sabendo que sou uma gori sem tradições ou costumes iguais os deles.
    Penso o pq de estar vivendo tudo isso e só sei que Deus é perfeito e tem o poder sobre todas as coisas.
    Se em seus planos para mim está incluido ir viver do outro lado do mundo e aprender ainda mais sobre as pessoas pertecentes a um outro mundo muito diferente do meu, eu aceito , mas nossa vida juntos ainda irá demorar um pouco…… temos muito tempo pra nos tornar mais intimos e descobrir afinidade e fortificar nosso amor . Com o passar do tempo se esse amor sobreviver à nossas circunstancias de vida, estaremos aptos para dividir a nossa futura existência.

  4. A Perfeccionista

    E eu que quando entrei nesse mundo me achei uma maluca e depois fiquei abismada com o numero de malucas que haviam estado e outras que estavam em situações semelhante as minhas. Hoje a coisa está mais comum do que posso imaginar.

    O meu caso foi um daqueles que não deu certo e me trouxe infindáveis problemas, mas a experiencia e as amizades que ficaram fizeram com que todo o esforço fosse válido, e a vida é assim mesmo, a gente nunca vai saber se algo vale a pena se não metermos a cara e nos aventurarmos, de uma forma ou de outra a gente acaba ganhando e aprendendo muito.

    Eu também sou da época de Marina, e assim como ela, conquistei muitos amigos nesse mundo dos relacionamentos virtuais e muitos desses tambem se perderam pelo caminho, da mesma forma que chegaram, foram embora… é triste, em muitos casos chega até a ser decepcionante, mas enfim… construimos historia no passado, as lembranças permanecem no presente, que eles sejam felizes onde estiveram e graças a Deus por aqueles que permanecem por perto..

  5. Quase que nos cruzamos no Egito, heim, lembro que vc me ligou quando estava la com o Ahmed, confesso que eu estava tão confusa, insegura e desconfiada naquele momento que não queria ver ninguém. Minha história foi uma experiência inesquecível pra mim, por isso faço questão de manter as amizades que fiz naquela época, algumas se foram, novas aparecem, acho que o importante é recordar sempre.
    Torço muito por tua felicidade, não sei porque diz que é uma pessoa difícil…sempre te achei muito sincera e objetiva e é um prazer ser tua amiga (real ou virtual não importa).
    Também acho que sonhei quando fui ao Egito e vivi uma aventura dessas, de amor na net. Mas o importante é viver e por mais que minha história de amor não foi pra frente, não me arrependo nenhum segundo de ter feito o que fiz.
    Felicidades para todas nós.

  6. Marina

    Acho tudo tão excitante, tão intenso, que, sonho com suas historias…porisso digo que vale a pena viver um grande amor.
    Giane

  7. Ehhh, Marina! Parabéns pelos 3 anos de casamento!!!! que venham mais muitos e muitos anos!!!

    Quem te disse q tu é difícil de se lidar? (tá certo, as vezes tá meio estressadinha, mas quem sou eu pra falar,né?) Não te conheço pessoalmente, mas te admiro muito por ser uma mulher corajosa, sensível, sensata e perseverante!

    Bjo!

  8. Oieee Marinaaa!!! tudu baum? =)
    Nossa esse mundo virtual é mesmo algo que nos deixa de boca aberta ne kkkkkk. Nossa e como, sei que começa primeiramente pelo nosso impulso d eprocurar pessoas nas mesmas situações que a nossas, tentando entender e melhor compreender tudo o que se passa em universos tao diferentes, e é exatamente nessas horas que conhecemos pessoas tao tao especiais que tinhamos imaginado existir hehe. E o mais engraçado é que de repente elas se tornam ate mais frequentes em nossas vidas do que os amigos de tao antigamente, acho isso assim incrivel, a identificação a aproximidade sem ao menos ter visto algumas vezes é tudo muito bonito e gostoso =).
    É verdade que como passar do tempo ficam umas amizades pra la outras pra ca igualzinho no mundo real mesmo, mas sao todas inesqueciveis e se dermos qualaquer sinal de vidas la estao elas novamente pra da uma forcinha kkkkkk.
    É bom demais né. Voce por exemplo, é mais amiga minha do que muitas amigas que tenho perto de mim, curioso essas coisas mas eu amo kkkkk, brigada viu !!! =) pela paciencia e dedicação com todas nós =].
    é Má parabens!!!!!! pelo 3 anos de casorio de tantas aventuras de corção batendo a mil de paciencia de engolir as vezes queta de brincadeiras de risos… casamento é algo de DEUS mesmo né, cmo que podem 2 pessoas que durante um tmepo nunca se virao se amar tanto a ponto de transpor tantas barreiras =]. Parabens !!!

    bjuuu
    fica com DEUS =]

  9. Fico feliz que vc tenha gostado…..
    Mudei muito depois de conhecer my jan…. não por ele sabe… mas minha visão de mundo e tal…

    Conheci também várias amigas de causa , é com eu as chamo, rsrsr e tenho certeza que seremos amigas por muito tempo, e é interessante que acabamos tendo contato com pessoas que jamais poderia me relacionar se n fosse a necessidade de sempre estar conhecendo e me informando sobre tudo em relação a ele, ao mundo dele.
    Já me perguntaram assim, mas será que ele faz a mesma por coisa por você???? Possivemente não, mas nós somos educadas a saber sobre tudo e todos os lugares no mundo e eles lá n estudam a história da colonização brasileira rsrsrs

    Mas só sei que com esse romance ganhei novas amigas e muita informação sobre coisas que nunca tinha me interessado, sabia q existia mais n me dispertava curiosidades…

    Apareça…. vai se divertir com minhas histórias….

    Bjus

  10. Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha, é porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra!
    Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha e não nos deixa só porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós.
    Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso.

    (Autor desconhecido)

  11. Como já falei em um outro comentário conheço um muçulmano pela net , e gostaria de saber quanto tempo vcs ficaram só no mundo virtual? Pra depois se conhecerem pessoalmente e casarem?

  12. Ah E parabêns pelos três anos…

  13. Adorei todos os comentários e dicas.
    Estou apaixonada por um egípcio e vou para lá dia 25/01/2010 para me casar com ele, só que sou cristã e ele muçulmano.
    Que órgão público no Egito devemos procurar para nos casarmos?
    Alguém pode me responder? Ele disse que um advogado lá resolve tudo, mas esta pessoa está cobrando muito caro e nós dois não sabemos como fazer.
    Se alguém puder me ajudar, ficarei muito feliz
    Beijos!

  14. Rejane, as regras para casamento mudaram por aqui.
    Vc sendo crista, sabe que nao tera direito algum em caso de herancas e guarda dos filhos, enfim, pesquise bem.
    Agora precisa de tradutor para casar, eh tudo feito no predio do ministerio da justica, nao tem nada com advogado isso ai.
    Se fizer casamento via advogado isso nao eh casamento legazido no Egito, eh o que se chama de Orfi, um contrato so para relacoes sexuais, ou seja, rasgou o papel, o “casamento” ja era.
    Tudo eh muito mais trabalhoso, demorado e caro.
    Entra nesse link da comunid. do orkut que tem o novo procedimento la

    http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=32509494&tid=5333952372264627534&kw=casamento&na=2&nst=11

Deixe um comentário e vamos interagir!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: