Algum advogado por aí?


Não sei se algum leitor pode me ajudar, ou alguém envolvido com vegetarianismo ou que tenha restrições alimentares.

Deixa eu contar porque minhas dúvidas: descobri uma marca nova de iogurte no supermercado e tinha uns sabores muito bons, desnatados, como maçã com canela, e estava comprando de monte, até porque tinha poucas calorias e o sabor era muito bom. Eis que um dia fuxicando sites sobre vegetarianismo (porque gosto muito das comidas vegetarianas, apesar de eu não ser) achei uns tópicos sobre “carne animal oculta nos alimentos”. Como muçulmana, que não como porco, sempre fui viciada em ler embalagens de produtos que consumo, até porque meu marido mesmo tem um ataque um dia se descobrir que comeu porco por engano (para os egípcios e muslims em geral, comer porco é igual comer barata, porque os porcos no Egito, por exemplo, comem o lixo recolhido das ruas, é um nojeira total, não é nem só questão religiosa aqui, é cultural mesmo).

Mas voltando ao assunto. Eis que leio o artigo atentamente e vejo váriasssssss reclamações sobre produtos light… AI MEU DEUSS!!! Quando leio, eles explicam que várias empresas, principalmente de lácteos, usam gelatina (que geralamente é animal, de PORCO, principalmente) para engrossar os produtos quando são desnatados. Ferrou, né? Corro pro meu iogurte favorito e lá na composição, tcharammm: gelatina. 😦  Já que chorar não dá mais, porque comi a porcaria do iogurte, mandei um email pro SAC na hora perguntando qual tipo de gelatina é esse, porque isso eles não explicam. Fico revoltada com essas coisas, quando eu ia imaginar que um iogurte, supostamente composto de leite e  as bactérias lá que fermentam, vai ter porco??? Aí no site, inclusive alerta para sorvetes da marca Kibon, o próprio site colou email do SAC deles afirmando que há sim gelatina de porco.

Meu, é uma sacanagem, eu acho que tudo bem, querem usar porco, rato, cobra na receita, beleza, mas escreve direito né? Senão não só quem não consome por motivos religiosos, mas e quem tem alergia, ou quem é vegetariano? Fica sem o direito de saber o que está comendo??

Agora a parte do advogado… alguém sabe como fazer uma petição ou entrar em contato com Procon, Idec, etc, e tentar propor alguma lei que obrigue as empresas de alimento a declarar a composição de forma transparente?? Não custa tentar, pelo menos quero saber por onde começar, adeptos não vão faltar!!!

Ps. assim que a empresa do meu iogurte responder, eu coloco aqui a resposta. Se ela usar porco, vai ser claro, um comentário para detonar essa companhia!!

Anúncios

Sobre Masr culinária mediterrânea

Encomendas para Zona Oeste e Centro de São Paulo. Outras localidades sob consulta. Como trabalhamos com matéria-prima fresca, o ideal é que pedimos sejam feitos com antecedência.

Publicado em julho 20, 2010, em No Brasil e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 21 Comentários.

  1. Juliana Zamboni

    Ei Marina, que coisa isso né!
    Bom, não tenho a minima idéia de como se faz isso, mas sei de uma “classe” que conseguiu muita coisa, as do “celíacos” que são aquelas pessoas que são alérgicas ao gluten e conseguiram por lei inserir nas embalagens NÃO CONTÉM GLUTÉM.
    Como trabalho com industria de Alimentos, realmente por legislação sou obrigada a colocar no rótulo dos meus produtos essa frase.
    Tenho um amigo que é celíaco, e me disse que hoje eles são uma “categoria” bem unida, principalmente depois que conseguiu essa lei dos rótulos dos alimentos. Tanto que hoje toda a indústria alimentícia despertou para esse nicho super especial do mercado e se tem uma preocupação enorme em desenvolver produtos saborosos que não contem o glutem.
    Acredito que vai acontecer isso também com os alimentos halal. Muitos indústrias já se preocupam em ter o selo de alimento halal. Mas infelismente a maioria desses produtos são para exportação. O Brasil está acordando agora para essa fatia de mercado, os muçulmanos. Eu mesma estava pesquisando ondecomprar carne de abate halal em BH e não consegui achar ao menos 1 lugar….
    Te aconselho a pesquisar sobre os celiacos para ver como eles conseguiram estas conquistas. E procurar tambem a entidade que certifica produtos halal (www.fambras.org.br) no Brasil e ver o que eles sugerem que você faça.
    Boa sorte pra você!!!

    • mto legal!!! sabe, eu nem penso em comida hala apenas, pq tem pouco muçulmano aqui (mas eu adoraria encontrar), mas como consumidora no geral eu gostaria de saber o que como… obrigadaaaa

  2. Marina, vai ao Procon. Acesse o site do Poupa tempo, onde estão as saletas do Procon. Eu mesma já fui pegar informações e registrar queixas no Procon do Poupatempo Sé. Sempre fui bem atendida e obtive bons resultados. Pelo site você saberá onde há um Poupatempo mais próximo de você. Ligar é perda de tempo.

    Advogado vai cobrar consultoria e, dependendo, vai te fazer esta mesma recomendação. Há também o Idec, que fica na Barra Funda, próximo do Shopping West Plaza. Pelo menos era lá que eu ia fazer minhas consultas quando era associada. Não sabia que havia gelatina feita de porco, eu quase peguei uma vez uma tradução sobre gelatina, mas esta era produzida por vaca.

    Agora, se você ficar vendo e ouvindo tudo como as coisas são feitas…rsrs… vai morrer de fome. Hmmm… acendeu uma lampada aqui…. e se você consultar alguém na mesquita que lida com comida halal? Eles podem orientá-la. Afinal, tem empresas que exportam atualmente para o Oriente Médio que tem assessoria de mulçumanos que orientam para transformar o produto da empresa em comida halal.

    Espero ter ajudado….

    Um abraço.

    • obrigada Bia, sabe que muitas empresas exportam mesmo halal, mas vc não tem garantia que o produto vendido aqui vai ser, mesmo saidno do mesmo abatedouro 😦

      acho que o mercado muslim e mto pequeno ainda para linhas halal, mas acho que como nas carnes, sempre vem escrito se é suina, bovina ou de aves, nos outros alimentos tb deveria ser claro.

      • As relações bilaterais com os países árabes estão se expandindo mais agora, Marina. Mas vc tem razão, o que é posto a venda aqui para aqueles que compram comida halal no BR é como o café que exportamos… os bons grãos são exportados, mas os que ficam aqui nem sempre estão entre os melhores. Por outro lado, as sugestões e pontos de vista das outras amigas aqui são bem legais. Afinal, no nosso país é difícil seguir tudo ao pé da letra. Tem que haver uma adaptação. Mas você encontrará com certeza uma solução. 😉

        Linda quarta para vocês!

  3. Olha, Marina, quando morei na Alemanha, os meus conhecidos mulçumanos compravam comida em comércio turco ou judeu, pois – independente dos problemas entre eles em sua região – este ultimo também cuida de uma alimentação diferenciada, de acordo com a religião deles e próxima à comida halal. Quem sabe as mesquitas aqui não indicam onde comprar o que você procura com mais tranquilidade. Ligue para elas, não custa nada.

    Apenas mais uma dica ….

  4. Olha, procura diretamente o Procon ou outro órgão de Defesa do Consumidor na tua cidade. Eu já fiz reclamação aqui em Recife, tive q pegar uma ficha de atendimento, levei algumas horas aguardando mais valeu a pena. Se teu caso precisar, depois eles agendam uma pequena audiência entre você e um representante da empresa.

    Quanto à lei, é mais complicado, mas não é impossível… Já temos duas na atualidade (crimes hediondos por Gloria Perez e Ficha limpa que surgiu de cidadãos participantes dos Circulos Biblicos da Igreja Catolica).

    Bem, você terá que recolher assinaturas no estilo de um “Abaixo-Assinado” e os requisitos são :
    no mínimo 1% do eleitorado nacional, em pelo menos 5 estados e 0,3% do eleitorado de cada um desses Estados.
    Talvez se você procurar a OAB aí, tenha algum advogado que se interesse ou até pode te dar informação se já tem algum grupo que está dando andamento a algum projeto de lei que se enquadre nessa que você está querendo propor.

    Abs 🙂

  5. Amiga,essa da gelatina eu ja sabia,aqui tbem eh essa paranoia de ficar lendo rotulos e se tiver gelatina,gordura ja esta descartado,infelismente.As vezes a gelatina ou a gordura nao eh de origem animal,mas dai pra vc saber tem que pesquisar muito,Pra falar a verdade,se for seguir a risca de tudo devemos comprar somente em lojas Halal,aqui tem duas na minha cidade,mas nao eh como supermercado,nao da pra comprar tudo que usamos
    Eu propriamente acho isso meio exagerado,sei que nao devemos consumir a carne de porco mas vivemos em um pais nao muculmano,nao da pra exigir muito em certos casos,o correto seria mas na pratica eh meio que impossivel.Pq as pessoas consomem o porco,de todas as formas,tem pessoas que criam porcos em casa,tem contato direto com ele,as vezes ate como pet,rsss,e essas mesmas pessoas vao la e trabalham na fabrica que faz o bolo com a gordura vegetal,nao sei se vc me entende,eu quero dizer que morando no Brasil ou no Japao vc vai ter que sempre escolher entre viver soh entre muculmanos,nao frequentar casas d eninguem que nao seja da religiao,nao aceitar o bolo da vizinha boazinha que fez com o maior carinho pra vc mas usou a gordura animal sem saber,nunca mais comer em restaurantes nao halal,pq ninguem vai trocar a firgideira que fritou o bacon pra fazer seu yakisoba vegetariano,e assim vai,ou ser normal,viver com os cuidados necessarios mas sem paranoias senao vc fica uma ET no meio das pessoas.Eu sofro com essa parte de comida aqui no Japao,mas acredito que ser devota a nosso Deus ja basta,nao como a carne do porco,mas nao tenho odio dele,nao tenho nada contra quem come,soh nao deixo entrar em minha casa nada que contem o bichinho e faco o possivel pra saber oq contem cada alimento que minhas filhas comem,mas ficar bitolada procurando agulha no palheiro nao,senao eu vou morar no Paquistao mesmo.Li um artigo sobre alimentos zabiha onde fala que se nao for o porco eh halal e podemos consumir o alimento dos catolicos,judeus,povo do livro,algo assim,Depois falo sobre isso no blog.
    Beijos amiga,continue esse assunto que muito me interessa.

    • oi querida, eu penso em parte como vc, nao compro ´so produtos halal, até pq no BRasil não tem oferta. Tá, até dizem que tem um açougue halal em SP mas não é perto de casa e fica impraticável, muitas pessoas acham errado mas nós comemos todas as carnes daqui, menos porco claro. Eu quando vou na casa de alguém não pergunto exatamente os ingredientes, basicamente a gente sabe se tem presunto, bacon ou tal, e evita, come saladinhas se for o caso ehehe mas não sendo incoveniente ao ponto de pedir receita e tal, é a nossa maneira de ver o mundo também como a sua.
      Agora no caso do iogurte, fiquei um pouco revoltada pq é um produto que acreditamos ser do leite da vaca, aí vc descobre que pode ter um monte de coisa lá dentro que nem faz idéia, não existe nada na embalagem dizendo isso claramente, acho um abuso contra quem consome, até pq não falo só pelo lado da religião, mas e se tenho alergia a porco ou sou vegetariana? Acho que a gente tinha que ter o direito de saber direito o que come :).
      Conheço muslims que nao comem qualquer carne aqui no brasil, ficam só nos peixes, mas eu não chegaria a esse ponto, cada um sabe o que pode fazer pra si.

      beijos adorei seu comment

  6. É Marina, vc tá certíssima, eles têm q discriminar se há uma origem animal no alimento tb e qual essa origem, prá os alérgicos isso pode ser perigosíssimo e todos temos o direito de saber o q consumimos…é claro q nosso país nao é mulçumano, mas existe riscos para a saúde das pessoas!!…Vou perguntar a minhã irmã o q pode ser feito, ela é advogada ok?
    bjss

  7. Halima Umm Hisham

    Assalam waleykum
    Xiiii Mah, vou falar uma coisa pra vc
    se vc for ligar pra isso no brasil vc nao vai comer mais nada nem tomar mais nenhum remedio to falando serio.
    Todos os remedios em capsulas tem gelatina de porco, todos os temperinhos como sazon, meu arroz, meu segredo, caldo da knorr da magi, aginomoto, sache do miojo etc etc etc tem porco, isso porque o glutamato monossodico vem do porco, salgadinhos cheetos, tb tem porco, qualquer bolachinha sorvete doce calda que conter vanilla vc tambem nao vai poder consumir nao porque tem porco mas por que tem alcool pois a essencia de vanilla contem alcool…
    e por ai vai…
    Que eu saiba a unica gelatina pronta para consumir aqui no brasil que nao tenha porco eh a da marca Oatker.
    Recentemente vi um yogurte com um selo kosher na geladeira do mercado, mas esqueci o nome.
    Nossa realidade no Brasil infelismente eh outra.
    Maa salama

  8. oie Marina,
    isso mesmo que a Halima disse, e te digo mais, ATE VACINAS TEM GELATINA PORCINA rs
    Nao tem jeito nao muie, so se tu virar vega e nao usar mais produtos de higiene e cosmetica pra nao comer e consumir “porco” embutido nas coisas, hehehehe
    As padarias, na sua maioria, usam gordura de porco pra fazer pao frances, massas de macarrao, chocolate, alguns queijos e muitos produtos cosmeticos tem a tal galatina porcina hidrolizada, vide glicerina rs
    Eu fico pensando, o que as comunidades islamicas do Brasil pensam numa situacao assim? Qual a medida a se tomar??
    Complicaderrimo.
    bjos

  9. Juliana Zamboni

    Olhando por esse lado, as meninas tem razão. Tudo pode ser feito com a tal “gelatina porcina”.
    Mas isso não significa Marina que é uma coisa nojenta como comer barata. A maioria dos produtos sintéticos veem de coisas a principio que não comeríamos por acharmos estranho ou nojento.
    Por exemplo, vários componentes de vários alimentos, são derivados de um subproduto do petróleo. Delícia né? rsrsrsrs
    Alguns cosméticos também são feitos com alguma proteína do camarão (o DMAE, muito usado hoje em dia), ou seja, quem tem a alergia a camarão é desaconselhado a usar.
    Mas ainda acho que esse caso tem solução. Basta ter demanda e interesse das industrias (ou pressão por parte da categoria, como foi no caso dos celíacos) para resolver essa questão da comida para os muçulmanos.
    Sei que o Glutamato Monossodico pode ser de origem animal ou vegetal, assim como vários outros componentes. Voltando aos celíacos, para o bolo ficar fofinho e com um gosto agradável, a industria alimenticia substituiu o “gluten” por “goma xantana”, dentre outros ingredientes.
    Ou seja, na industria alimentícia, são N… os ingredientes que servem para a mesma coisa. Existem vários realçadores de sabor (glutamato monossodico), vários estabilizantes e espessantes (goma xantana), várias proteínas (glutem), e assim por diante, que são tanto de origem animal, como de origem vegetal. Gente, vcs são muçulmanas e viveram (ou vivem) em paises muçulmanos. Tenho certeza que a coisas por lá são boas como as daqui. Tem sabor, são fofinhos, cremosos, etc. E claro que por lá só se usam ingredientes de origem vegetal. Ou não?????
    Se realmente houver demanda do mercado para que se faça produtos só com ingredientes de origem vegetal e a industria alimenticia ver que é rentável, com certeza ela investirá nesse nicho do mercado. Com certeza será mais caro esses produtos, assim como os vegetais organicos, os produtos a base de soja, os dieteticos, os funcionais etc…
    Vai dar trabalho, claro, mas alguem tem que começar!!!!
    BOA SORTE!!!! hehehe

  10. Olá pessoal!

    Marina, vou aqui divulgar uma coisa que possa interessar às leitoras. Hoje passei em frente ao posto de saúde perto de casa e eles estavam dando vacina contra H1N1 que sobrou para aqueles que quisessem tomar, mesmo não sendo da lista divulgada pelo governo. Enquanto durar o estoque nos postos de saúde, vocês, independente da idade, que ainda não tomaram e gostaria de tomar, assim como filhos, tentem ver se ainda estão vacinando nos postos mais próximos de suas residências, ok?

    Bom fim de semana a todas!

  11. Li o comentário de Márcia e fiquei impressionada com a ingenuidade dela. Esse moço que faz curso, nove anos mais jovem que ela e ainda pede dinheiro.
    Pareceu com um contato que eu tive por alguns anos com um paquistanês de Lahore, que vivia me pedindo dinheiro e que queria casar comigo…mais ou menos a mesma ladaínha; claro que eu parei de teclar com ele.
    Soube de histórias horríveis sobre muçulmanos. Eles têm o poder de decidir sobre a vida das esposas…lamentável.
    Não entendo o que uma mulher de vida financeira estável poderá esperar de um homem assim; realmente, a paixão cega.
    Que ela tenha sabedoria para tomar a decisão.
    Só é bem estranho que um namorado virtual peça dinheiro antes mesmo de compartilhar intimidades.

  12. NOSSAAAAAA TO PASMAAAAAAAA EU SOU VEGETARIANA EU NUNCA LI A COMPOSIÇAO DE EMBALAGEM NENHUMA EXCETO AS CALORIAS…….. QUE NOJO!!!! SERA QUE TODOS OS PRODUTOS LIGTHS DIETS E AFINS TEM ESSA GELATINA!!! POR QUE SE TIVER AI VOU SER OBRIGADA A COMER SO RUCÚLA HUAHUAHUAUAHUAA

  13. Oi Marina! Primeira vez comentando no teu blog embora seja leitora eheheh. Bom, concordo ctg, parte das marcas de iogurtes ou outros alimento não possuem informação toda nos rótulos! Eu mesma noutra situação dou-me ao trabalho de ler qtos conservantes tem dado alimento e já reparei que agora adoptaram, pelo menos em Portugal, colocar o nome por códigos… ninguém, supostamente se dá ao trabalho de saber quem é o E-303… supostamente, pq eu dou! Se conseguires algo coloca no blog, é sempre bom termos informação para nos defendermos!
    Beijinhos

  14. olá, marina, td bem?
    eu estava navegando pela internet para tentar terminar meu tcc e por acaso encontrei seu blog e este post.
    Como profissional da área do direito, venho te dizer que há um projeto de lei para que as empresas descriminem minunciosamente a composição dos seus produtos.
    Porém, como todos sabem, em época de eleição tudo se para, até mesmo por uma questão de ética e, então, enquanto isso não acontece posso te dar a seguinte orientação:
    – escreva um e-mail para o SAC da empresa do produto que vc estava consumindo e espere uns 15 dias para ter resposta. Se eles se silenciarem, vá até o procom e registre uma denúncia por omissão de informação.
    – se vc ainda não estiver satisfeita, pode ser tomada atitudes mais drásticas, como uma ação por danos morais.
    aconselho a procurar um advogado, por mais que processos como esse em que a indenização não ultrapasse 20 salários mínimos não precise de um especialista da área, entretanto, com certeza a empresa tem o seu advogado e vai dar “um jeito” de reverter o processo.
    qualquer coisa, é só entrar em contato comigo que posso te explicar mais detalhadamente.
    Ah! e não esqueça de mencionar o fato de vc ser mulçumana, oq será levado mto em conta!
    Abraços…

Deixe um comentário e vamos interagir!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: