Dividir a vida pode ser para sempre


Casamento. Palavrinha mágica que mesmo nos dias de hoje, – quando juntar não é mais problema, onde namorar é fácil e ficar junto pode ser apenas por uma noite – ainda nos remete a sentimentos bons e de tranquilidade. Inclusive saiu uma pesquisa semana passada, dizendo que os casais de papel passado se sentem mais felizes, pela estabilidade que a situação proporciona.

Pois bem, casar hoje continua a mesma coisa que nossos pais e avós faziam anos atrás. Muitas mulheres ainda aguardam este dia como um dos mais importantes da sua vida, planejam festa, vestido branco, pensam na decoração da casa, começam a calcular em quanto tempo querem ter filhos e por aí vai. Mas passada a animação pelo acontecimento, o charme de ser a noiva, o centro das atenções, quantos casais não começam a se despedaçar e entrar uma rotina enfadonha mal saídos da lua de mel?

Eu felizmente não conheço muita gente divorciada, minha família direta (pais e avós) sempre viveram juntos e com eles aprendi uma das lições mais importantes (seja eles pondo em prática ou brigando absurdos pela falta deste conhecimento): casamento tem de ser vivido no dia a dia. Para mim, isso signfica que não importa quanto tempo estejamos juntos, quantas coisas boas ou ruins passamos, o que vale é aquele dia, a dedicação que temos um ao outro sempre, não importa se é domingo ou uma segunda-feira cansativa depois de hora de trabalho e trânsito. Temos que lembrar de receber quem amamos com um sorriso, aprender a curtir momentos felizes a dois, mesmo que seja cozinhando macarrão com ovo.

Semana passada eu completei 4 anos de casadas (para quem não viu meu marcado ali do lado do blog) e nem parei para pensar muito na ocasião. Fizemos basicamente o que sempre fizemos, saímos para lugares que gostamos, pegamos um cineminha, ficamos em casa com nossas coisas que gostamos. No dia seguinte, por incrível que pareça, fizemos o que? A mesma coisa (tirando o cinema, porque não tinha mais nada de bom pra ver)… ehehe Para nós não é preciso um dia ou uma data pra ganhar tal presente ou fazer tal coisa especial para celebrar. Pois ter essa cumplicidade no dia a dia, a alegria de estar junto no cotidiano, é o que faz a vida valer a pena. Você não deve viver para colecionar alguns momentos felizes e passar o resto do tempo planejando algo especial só para ter o que fazer em algum dia específico. O casamento para dar certo, na minha opinião, tem que ser construído todos os dias, todas as horas e momentos juntos, senão ele se torna um fardo pesado demais. Pois ninguém quer se cansar do outro ou chegar ao ponto de cansar de ver aquela pessoa ao seu lado.

Em algumas situações, os casais passam ainda a guardar em uma lista imaginária tudo que fizeram pelo outro, e vice versa, e esse tipo de pensamento surge sempre nos momentos de discussão, quando um joga na cara do outro o que se sacrificou e a briga tende a tomar proporções perigosas. No meu caso, que me casei com uma pessoa de outro país, jogar esse tipo de coisa na cara do outro é o pior caminho, pois ambos ganharam e perderam muito em suas vidas, ambos mudaram demais e cederam também, e não dá pra colocar numa balança quem fez mais. Jamais posso comparar minha ida ao Egito por nove meses, com esses três anos que ele está por aqui. Quem perdeu mais, quem ganhou mais? Difícil, pois as experiências são coisas imensuráveis, assim como a dor de ver a mãe dele longe, ou quando eu estava lá, de ter deixado minha carreira de lado por um tempo. É tudo muito pessoal, incalculável. Mas não nos perdemos jamais neste tipo de discussão, pois elas só levam ao mesmo lugar: a falta de amor. Pelo contrário, só buscamos somar estas experiências de vidas tão ricas que tivemos, e por isso acredito que somos serenos até hoje.

E sim, a vida não é perfeito, há muito o que se fazer e lutar. Mas nada disso é grande o suficiente para nos abalar ou estremecer a união que criamos. E, do alto da minha “grandíssima” experiência de casada, aconselho a todos que estão para se casar, ou estão juntos e brigando, a parar para pensar um pouco nisto que escrevi, pois é algo que me traz muita felicidade e gostaria de compartilhar com vocês. 🙂

Anúncios

Sobre Masr culinária mediterrânea

Encomendas para Zona Oeste e Centro de São Paulo. Outras localidades sob consulta. Como trabalhamos com matéria-prima fresca, o ideal é que pedimos sejam feitos com antecedência.

Publicado em janeiro 10, 2011, em No Brasil, No Egito e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Às vezes só uma das partes do casamento tem essa visão que vc descreveu muito bem no post… por isso o fim chega.
    Tem q haver maturidade pra passar por cima das pedrinhas…coisa que vcs 2 têm. Parabéns pelo niver de casamento, e que venham mais e mais anos dessa união Marina.
    😉

  2. parabens Ma!!!!!!!!!!!! =D
    esta certissima
    e tenho visto mta gnte querendo casar, acho que os tempos mudaram
    principalmente os homens, nunca vi tantos loucos para casar! fiquei impressionada

  3. Realmente é tudo questão de maturidade. Que absolutamente não tem nada a ver com a idade. Que bom que vc e seu marido atingiram-na ainda bem jovens. Com certeza a vida a 2 fica muito mais fácil.
    Li isso outro dia e acho q tem tudo a ver com o post:
    Ao pensar sobre a possibilidade do casamento cada um deveria se fazer a seguinte pergunta: ‘Você crê que seria capaz de conversar com prazer com esta pessoa até a sua velhice?\’ Tudo o mais no casamento é transitório, mas as relações que desafiam o tempo são aquelas construídas sobre a arte de conversar.’ Nietzsche
    Boa sorte Marina!

    • Agora já chega

      Verdade, tenho visto pouca gente com maturidade pra se manter casado, Concorda?
      A questão não é conversar até a velhice apenas, mas fazer valer o companheirismo e a cumplicidade.
      Já tem gente que gosta de aproveitar o casamento dos outros e tenta a todo custo detonar a felicidade alheia, não é mesmo?
      Pobres mortais solitários

  4. Amei seu texto!!

    Que Allah permita muitos e muitos anos de uniao!!!

    Beijos e fiquem com Deus

    Barbrinha

  5. Parabens querida… muito bom o seu texto…. lindo !!!

Deixe um comentário e vamos interagir!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: