A Líbia, o Egito, o mundo árabe


Continuamos acompanhando o que se passa no mundo árabe. Agora muita gente está preocupado com as consequências reais que isso pode ter para o resto do planeta. O barril de petróleo já está com um preço recorde e muitas indefinições continuam sem respostas.

E o Egito? Parece que a mídia deletou o que se passa por lá. Onde está Mubarak, como está a transição?

E a Tunísia? Coitados, país menor ainda, já foi para o ostracismo total.

Falar de política me cansa, mas sinto que não existe outra coisa que deveria pensar no momento, já que o que os jovens árabes fizeram foram sim um exemplo para o mundo, não posso ainda porém tudo ainda está muito indefinido.

***

Uma nota sobre a cobertura da mídia. É engraçado como os jornalistas seguem o mesmo ritmo de cobertura para qualquer coisa que fazem. Não conseguem variar muito o estilo de cobertura, e as redações que não bancam correspondentes por mais tempo na África, ficam com reportagens superficiais.

Quando aconteceu tudo aquilo no Egito, eu já esperava que alguns jornalistas iriam bater na porta do blog perguntando coisas. E foi assim:

Fase 1 (primeira semana) – Olá Marina, sou jornalista não sei de onde, preciso falar com brasileiros no Egito, me passa contatos?

Fase 2 (segunda semana) – Olá Marina, sou jornalista, quero falar com egípcios no Brasil, me dá uma entrevista?

Fase 3 – (terceira semana) – Correspondentes vão finalmente para o lugar dos conflitos. Fazem matérias dos protestos, dizem que estão com medo. Vão embora.

Fase 4 (no final, depois de umas 3 semanas começa) – Quando os jornalistas não tem mais para onde correr, vão fazer plantão no aeroporto para falar com quem está chegando das áreas de conflito. Aí saem matérias sem sentido algum, como essa aqui (eu ri).

Anúncios

Sobre Masr culinária mediterrânea

Encomendas para Zona Oeste e Centro de São Paulo. Outras localidades sob consulta. Como trabalhamos com matéria-prima fresca, o ideal é que pedimos sejam feitos com antecedência.

Publicado em fevereiro 24, 2011, em No Egito e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. Hummm… foi tão tranqüila que precisaram sair do país com a ajuda do Governo Português! Sei…

    • Kiara, a questão não é essa.. eu realmente acho q ele não viu nada, a mídia é que fica querendo criar fatos e coloca uma entrevista q na verdade nao trás notícia nenhuma como essa…

      sobre a ajuda do governo português, até mesmo no Egito só eles se preocuparam com os brasileiros, a embaixada do Brasil deixa muito a desejar e não tem muita atuação em situações de emergência como essas.

  2. É verdade! Você tem razão!

    Quando eu compartilhei um link no facebook, com um apelo do brasileiro, teve gente que comentou, so faltando falar “bem-feito”!

    Ele mostrou argumentos pra isso, plausíveis até, mas eu fiquei de cara! Porque foi um brasileiro que falou isso!
    Respeito a opinião, é meu amigo, tem os motivos dele pra pensar assim, mas é complicado!

  3. Vc está certa sobre esses correspondentes, mas na Líbia pelo oq eu entendi, o governo Libio não permite que a mídia internacional faça cobertura nas localidades.
    Nossa e eu pensando q o Mubarak era o que tinha de pior no Oriente Médio, Esse Gadafi é muito nojento, manda os milatares atirarem no povo, corta internet diz que fica até morrer e ainda se veste MUITO mal, nunca vi uma autoridade mais feia e cafona q nem esse cara, e o pior ele acha que ta causando com aquelas roupas e oculos degradê. ECA
    Mubarak ta só o formol, mas pelo menos era um pouco mais aceitavel…

    Piadas à parte espero que esse Regime também caia, que os libios possam ter o melhor no futuro.

  4. tive um net friend na Líbia, ele não era natural de lá, mas vivia com a familia em outra cidade, não Tripoli, pensei mto nele esses dias, o contato com ele era bacana, pena que acabou faz tempo, nem sei o destino dele tb com toda essa revolta.

  5. oi marina!eu entrei em seu blog agora para dar uma espiadinha…li qe vc escreveu qe a embaixada do brasil deixa muito a desejar…olha!!!vou falar a real,a embaixada aqi no egito e um horror,nunca fui tao mal orientada,eles sao sinceramente horriveis para dar qalqer informaçao,a mulher qe atende na embaixada e egipcia,uma hr ela te fala uma coisa,depois ela fala outra,nunca me senti tao mal como na minha propria embaixa no egito qe eu acho qe eu deveria me sentir como se estivesse em casa,e sem falar no dimdim qe cobram para fazer qalqer coisa,documento e outras,mas enfim…fazer o qe ne?vamos reclamar com qem? so um desabafo.

  6. Marina,

    Seu blog é muito visitado. Que tal ajudar o Egito agora, fazendo propaganda para que as pessoas voltem a visitá-lo. Muitos amigos egípcios me pediram para fazer isso. Acho que o seu blog é um excelente canal.
    Fica com Deus!

Deixe um comentário e vamos interagir!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: