Mulheres


Mulheres são capazes de fazer as mesmas coisas que os homens. Mas não, não somos iguais.

A mulher sonha muito, capricha, palpita, fala com o coração, explora, cuida e nina. Desde pequena, ela pensa que é uma princesa ou uma sereia, um ser mágico, porém tão frágil! Ah como a gente chora, cria mundos e histórias imaginárias. A menina não gosta, ela ama, se entrega e não pensa muitas vezes na consequência.

É por isso que vejo tantas mulheres, como eu, sem medo do desconhecido, indo atrás de um amor tão longe, enquanto a maioria dos homens só espera. Não, não é porque somos brasileiras ou loucas, mas porque somos mulheres, e mulher não tem medo de tentar e sonhar, mesmo que isso seja um grande risco. Já o homem calcula, planeja demais, analisa o custo benefício de cada passo, e se dependêssemos deles, quase nada relativo aos sentimentos aconteceria. Conosco é que eles também se engradecem, aprendem que lutar é possível e não é preciso ter medo de tentar.

A mulher, porém, se despedaça muito fácil. Quantas vezes não recolhi meus cacos, escrevi em diários com lágrimas escorrendo nos olhos, afundei meu rosto no travesseiro para que ninguém ouvisse meus soluços. A mulher é intensa, em seu coração não cabe tudo o que sente, ele explode, sangra e adoece. E depois renasce de novo, geralmente ainda mais doce, medroso e delicado, um coração de mulher pode até parecer endurecer, mas basta uma flor ou um toque de carinho para que desabroche em amor.

Por tudo isso, eu sempre achei que ser mulher é muito mais difícil e complicado do que ser homem. Nós não brincamos com uma simples bola, nós erguemos castelos. A gente não precisa ser só inteligente, temos que ser bem cuidadas, educadas, bem vestidas e bonitas. A pressão sobre a mulher, seja em qualquer cultura você esteja, é muito maior. É a barriga sarada, o corpo magro aqui, a castidade e a descrição lá. Cada cultura impõe sobre as mulheres os maiores fardos, pois queremos conquistar as mesmas coisas e atingir o topo, porém todo mês sangramos, nossos corpos frágeis nem sempre estão na plenitude e nosso coração desvia nosso cérebro por muitos outros caminhos que vão além da razão. E depois fica conosco a missão de ser mãe, de gerir, de cuidar, educar, um trabalho infinito que começa desde a concepção.

Quando você vira mãe, tudo ganha outra dimensão, não basta mais você mesma se superar e conquistar, você tem de dar ferramentas para que outra pessoa faça o mesmo. E eu achei que ser mãe de um menino seria muito mais simples. Pois eu sei bem o que é ser mulher e passar a vida afundada em sonhos e sentimentos. É um preço alto que pagamos. Ser mãe de menino seria mais fácil, não teria que me preocupar com tudo que já passei nesta vida, em como blindá-la de todo esse turbilhão, em como fazê-la crescer com os conceitos de vida tão diferentes do país em que vivo. Ensinar uma menina a ter autoestima, pode ser uma missão impossível. Para mulher tudo é mais complicado, doído, inexplicável. E ela vai ter que passar por tudo isso, comigo junto. Serei mãe de menina. Mais uma mulher que nasce, mais o mundo fica doce.

Anúncios

Sobre Masr culinária mediterrânea

Encomendas para Zona Oeste e Centro de São Paulo. Outras localidades sob consulta. Como trabalhamos com matéria-prima fresca, o ideal é que pedimos sejam feitos com antecedência.

Publicado em dezembro 28, 2012, em No Brasil e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 20 Comentários.

  1. Não… não somos iguais… ela também será única… fará suas próprias escolhas… como você as fez… mas terá em você um porto seguro.
    Parabéns, Marina… 🙂

  2. Mais ser mãe de menina é uma coisa impar, muito boa….. Parabéns de verdade, sei bem como você está se sentindo. Parece que até o bebê nascer não “cai a nossa ficha”, somente depois que percebemos o quanto poderemos amar alguém mais do que nós mesmos…. Muitas felicidades mesmo…. Deus te abençoe.

  3. que texto lindo! E eu, que sou mãe de duas meninas, bem sei das dores e das delícias de ajudar esses serezinhos a encontrarem seu espaço no mundo.
    Minhas meninas foram criadas para ser independentes, para sonhar, abraçar e conquistar. Nunca disse ( nem acreditei) que isso ou aquilo fosse proibido, permitido ou obrigatório só por elas serem mulheres.
    Minhas filhas são duas fortalezas, cada uma a seu modo.
    E outro dia, quase morri d
    e rir com um comentário delas.
    O filho de uma amiga minha brigou num bar e deu um soco numa menina. UM SOCO. NUMA MENINA. Coisa de adolescente, foram todos parar na delegacia.
    Fiquei sabendo meses depois, quando a mãe me contou o ocorrido.
    Aí escuto as minhas filhas falando uma prá outra… O que? bateu numa menina? Ele bateu numa menina? Jura? Nós vamos ter que ir lá na Nova Zelandia ( onde ele mora) e enche-lo de porrada.

    Tive que rir.
    Na lógica delas, ele não poderia em hipótese alguma bater numa mulher. E a única alternativa seria elas mostrarem isso pra ele…na porrada…

    Ainda bem que moro longe!

  4. Parabens , vou ser ma’e de menino proximo mes … estou contente e feliz , muito verdadeiro tudo isso . felicidades .

  5. Belo texto! Lindo e emocionante…
    Parabéns pela princesinha que em breve chegará e trará muita luz e alegria para todos.
    Tudo de bom para vcs.
    Bjs,
    Nina

  6. Claudilene Ayres

    Assalamo Alaykom……
    Subhan ALLAH!!! Masha’a’ALLAH!!!!
    Parabéns doce Marina, que notícia maravilhosa!!!!
    Que ALLAH conceda a vc e seu marido, felicidades e alegrias inimagináveis com a sua doce e amada menininha, Insha’a’ALLAH. Eu estou muito feliz por vcs..

    Amada; eu amei o seu post, vc me autoriza dividi-lo no facebook com minha rede de amigos? por favoooor!??? rsrs
    abraços carinhosos para a mamãe abençoada, parabéns…

  7. Patricia Lombardi Perez de Abreu

    Ai Ma…. Q lindo…. E essa princesa q vc está esperando já vai vir ao mundo abencoada. Fruto de um amor q rompeu a barreira da distância e do preconceito para construirem uma história linda. Sou fã de vcs. Bjos!!

  8. Que lindo Marina!
    Também acredito que ser mãe de menino deva ser bem menos complexo do que de menina, mas no fundo o que mais importa é que venha com saúde, seja menino ou menina.
    Parabéns pela princesa!

  9. Badra Vanessa Deble

    Parabens!Que tua bebezinha seja uma semente de benevolençia!tenho 37 anos um f
    ilho de 11 e uma de 19,eles sao diferentes mas menina e mais sensivel.Quando a gente descobre que vai ser mae o primeiro sentimento e medo que eles sofram ou passem por
    alguma situaçao difiçil.Mas no dia que nascem,nos criamos uma força enorme que nos leva a acreditar que nada nem ninguem,vai fazer mal a eles.Por que nos somos fortes,para proteger um filho e amar com uma força que nem agente acredita que tem…Bismillah!

  10. Parabéns mamãe 🙂 a pequenina tem muita em ter você como exemplo de Mulher! Felicidades 🙂 Beijinhos

  11. Patricia Salatino

    Parabéns pela filha que nascerá num lar onde o amor esta no ar, onde a mãe é uma mulher admirável,inteligente e forte,para encamilhá-la da forma mais acertada possível.
    bjos
    Patricia

  12. ai amiga , to feliz por vc primeiro estar gravida , depois ser menino ou menina so deus escolhe , que venha com saude e namore meu filho, hehehhehhe….quando eu engravidei eu rezava para ser menino , pq? pq sendo catolica e meu marido mulçumano eu particularmente não iria aceitar a imposição de voces , pq ?? quando criança tudo bem mas morando aqui e eu tivesse menina e ela se apaixonasse por um brasiliero não mulçumano e quisesse casar , ai eu ia apoia la a se casar com quem ela ama independente da religião, ainda não estou livre disso pois quero outro bebe daqui a alguns anos.. mas vc morando aqui e esperando uma menina o que vc pensa disso..

  13. Parabéns Marina!! Que sua filhota te traga muita alegria!! bjs
    Ana

  14. Lindíssimo texto Marina, dores e delícias de ser mulher!
    Sabe Marina, ser mãe de um menino deveria ter o mesmo peso de ser mãe de uma menina, mas infelizmente não tem.
    Compreendi quando vc se referiu às pressões sociais, porém essas pressões só existem porque mães educaram seus filhos homens para pensarem desse jeito.
    Com medo de que o homem fique afeminado, esquecem de ensinar a delicadeza, a sensibilidade, o poder da empatia, que não se deve brincar com os sentimentos de uma mulher, que não é feio chorar nem pedir desculpas quando se está errado, a se solidarizar com a dor do outro, enfim, tantas coisas que nós aprendemos enquanto mulheres.
    A gente não tem que aprender a ser sensível e forte ao mesmo tempo?
    Pense num mundo onde os homens tivessem de ser educados assim também, certamente o mundo seria outro.
    Graças a Deus as coisas estão mudando a passos lentos, é verdade, mas está mudando… Já vemos hoje em dia homens mais sensíveis, essa nova geração tem defeitos como qualquer outra, mas já vemos rapazes mais sensíveis sem que isso interfira na sua sexalidade.
    Esta é apenas a tua primogênita, quem sabe o próximo será um menino, então vc q tem uma essência especial, certamente vai educar um homem com H maiúsculo.
    Enquanto isso, vc vai receber todo afeto da sua menininha, nós somos mto mais afetuosas por natureza. Quando ela começar a mexer nas tuas roupas, calçar teus sapatos, querer te imitar, vc vai se derreter toda.
    abs 😉

  15. Falou tudo… Parece que a sociedade nos pune, pelo fato do Paraíso estar debaixo dos nossos pés!

    Vai nascer uma menina linda de viver, numa família islâmica… Será uma grande muçulmana, inshAllah!

  16. Maria Rosa Fernandes

    Marina e Mostafa, parabéns pelo estado interessante de gerar a Vida!
    Cresci com 7 mulheres e era louca por meninos pelo simples fato de que no meu imaginário seria uma aventura incrível por ser desconhecida.
    Amei a experiência e os preparamos para serem homens comprometidos com as suas companheiras e assim está acontecendo a exemplo do meu pai e do pai deles.
    Desejo-lhes felicidades e muito amor na condução deste momento tão especial e incrível, 2013 para vocês será mesmo um ano novo sobre todos os aspectos, muito rico.
    Beijo grande!

  17. Muitos dizem que mulher é um bicho muito mais complicado do que o homem. Discordo. Nós somos é mais complexas. Dizem também que somos frágeis, e somos mesmo, mas até certo ponto, porque, pra ser mulher nos dias de hoje, tem de ser muito peito, tem de ser macho, e isso não é pra qualquer um. Porém, Deus deu à mulher o maior de todos os dons: o poder da criação. Na missão de ser mãe, de cuidar e educar um bebê, paciente e amorosamente, Deus deu a nós, mulheres, a responsabilidade de formar um mundo novo, melhor. Ah, se as mulheres soubessem o poder que têm…
    Marina, fiquei superfeliz com a notícia de sua gravidez, e tenho certeza de que você será uma mãe maravilhosa e de que o seu Musta vai ser um excelente papai. Com certeza, vocês saberão educar sua filha muito bem. Cometerão falhas? Claro que sim, mas é normal nesse processo, pois ao ensinar é que aprendemos. De fato, quando nasce uma mulher, o mundo fica mais doce. E esse seu bebê desde já é muito especial: essa menininha simboliza o triunfo do Amor sobre a distância e carregará, em si, o melhor dos dois mundos. Finalmente, Oriente e Ocidente, agora juntos para sempre.

  18. juliana guimaraes de carvalho

    olá!! sou brasileira mas quero me converter ao islã e me casar dentro da religiao, por onde eu começo???

Deixe um comentário e vamos interagir!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: